Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Lula de volta à trincheira da oposição

Ex-presidente falou como um líder de um partido de esquerda ao defender os interesses da base da pirâmide social

Lula definiu a estratégia de comunicação: comparar ele, seu governo, e seu entorno, ao equivalente de Jair Bolsonaro. Lula comparou Fernando Haddad como ministro da Educação com Abraham Weintraub. Comparou quem cuida de seu Twitter, uma pessoa com cara e nome, com os 20 invisíveis de Bolsonaro. Lula disse que tem como ajudante de ordens alguém de patente superior a de Bolsonaro, e que, portanto, o atual presidente tem que prestar continência. Além disso, ele falou como fala um líder de um partido de esquerda: defendeu os assalariados, os trabalhadores, os motoristas de Uber e entregadores de bicicletas, enfim, a base da pirâmide social. Em um país tão desigual como o Brasil, com os níveis de pobreza recentes crescendo, Lula volta a ser mais um combatente da trincheira da oposição. A guerra, no momento, é de trincheira. Agora o PT e a esquerda têm de volta o maior comunicador político da história recente do país. Isso ficou claro no primeiro discurso de Lula fora da prisão.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Paulo Bandarra

    País patinando na lama sem chance de avançar. Preso ao passado.

    Curtir

  2. Paulo Bandarra

    A dívida pública mostra um país gastando o futuro esperando que ocorra um milagre.

    Curtir