Clique e assine com até 92% de desconto
Alberto Carlos Almeida Por Alberto Carlos Almeida Opinião política baseada em fatos

Bolsonaro errou ao pedir desculpas

Além da desastrada publicação do vídeo do leão e das hienas no Twitter, o presidente derrapou de novo ao fazer a "mea culpa"

Por Alberto Carlos Almeida 29 out 2019, 16h39

O presidente Jair Bolsonaro cometeu um erro hoje pela manhã: pediu desculpas por publicar no Twitter, ontem, um vídeo em que mostra um leão acuado por hienas. O leão seria ele próprio e as hienas veículos de imprensa, partidos e movimentos de oposição e o Supremo Tribunal Federal (STF).

O presidente errou por dois motivos.

O primeiro é que, junto a seus eleitores e seguidores, que odeiam o STF, passou uma imagem de frouxo.

O outro é que pedido não muda em nada sua imagem junto ao STF e ao Congresso, pois ninguém lá o leva a sério ou confia nele. Nesse sentido, a publicação de hoje não altera essa impressão que têm dele.

A verdade é que o pedido de desculpas — antecedido pela retirada do vídeo do perfil no Twitter — só aconteceu porque Bolsonaro morre de medo do STF.

Um detalhe da biologia: leão velho morre, sim, acuado e devorado pelas hienas. Na natureza não existe essa de ser salvo por leoa, não.

Confira mais detalhes sobre a desastrada publicação de Bolsonaro no comentário abaixo.

 

  • Continua após a publicidade
    Publicidade