Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Rede social Lulu será relançada no Brasil ainda neste ano

O aplicativo, que criou polêmica no final de 2013 por permitir que mulheres avaliem homens (sexualmente), volta com novas funcionalidades

O Lulu, aplicativo lançado no final de 2013 que cria uma rede social na qual mulheres avaliam o desempenho de homens como parceiros sexuais, será relançado no Brasil. Depois de algumas brigas com o Ministério Público, o Lulu perdeu usuários e foi praticamente esquecido. Por isso, ainda neste ano o aplicativo ganhará novas funções e deixará de ser somente para mulheres.

Leia também:

‘App foi inspirado no mundo offline’, diz criadora do Lulu

Homens já podem checar notas recebidas no app Lulu

Na época de seu lançamento, o app era exclusivo para mulheres, que atribuíam notas aos homens com quem mantinham ou haviam tido algum tipo de relação, desde uma amizade a um namoro que não deu certo. Agora eles também poderão acessar o serviço e descobrir quem são as admiradoras e ver quais pontos devem melhorar. Uma novidade é a possibilidade de abrir uma conversa online, da mesma forma como acontece em aplicativos como o Tinder, para os pares se conhecerem melhor e marcar encontros.

Por não estar mais vinculado ao Facebook (como era antes), o aplicativo usará o número do telefone do usuário para criar a conta. Esse mesmo número pode ser usado para entrar na lista de espera do aplicativo, que está aceitando novos usuários aos poucos. Veja no site do Lulu como ingressar na lista de espera.

O aplicativo estará disponível para iOS e Android.

(Da redação)