É mais barato viajar para Miami para comprar PS4 do que adquirir console no Brasil

Diferença entre valores cobrados pelo console nos EUA e no Brasil — mais de 3.000 reais — é suficiente para bancar passagens e estada em hotel

O PlayStation 4, quarta geração do tradicional console da Sony, foi lançado nesta sexta-feira nos Estados Unidos. Como é tradição nessas ocasiões, fãs permaneceram acampados por horas diante das lojas para adquirir o novo videogame da empresa japonesa. Nas filas, havia também brasileiros. Eles preferiram comprar o equipamento no mercado americano não apenas pela pressa – o PS4 chega ao Brasil no dia 29 -, mas principalmente pela diferença de preços. Nos Estados Unidos, o console está à venda por 399 dólares (o equivalente a 924 reais). No Brasil, será vendido por nada menos do que 4.000 reais.

Leia também:

E3 – 2013: VEJA testa o PlayStation 4

E3-2013: Mais barato, PlayStation 4 nocauteia Xbox One

PlayStation 4 Vs Xbox One: pontos fortes de cada console

Fazendo essa conta, Breno Masi, diretor da produtora de aplicativos Movile e sócio da consultoria Onoffre, viajou para Miami. Os cerca de 3.076 reais que ele economizou ao comprar o console nos Estados Unidos foram suficientes para bancar a passagem aérea até a cidade americana e a estada em um hotel. Um exemplo: passagens de ida e volta, respectivamente nos próximos dias 19 e 21, mais duas diárias de hotel em Miami saem por 3.025 reais, segundo pesquisa realizada pela reportagem.

Vender o PS4 por um valor competitivo era uma promessa da Sony. Em entrevista concedida em junho ao site de VEJA, o CEO da Sony Computer Entertainment of America (SCEA), Jack Tretton, afirmou: “Nossa meta é oferecer o PlayStation 4 no Brasil pelo equivalente a 399 dólares.” Não foi o que aconteceu.

Embora o preço compense, o lançamento em Miami não foi perfeito. Masi chegou a um shopping da cidade da Flórida na noite da quinta-feira e aguardou a abertura das lojas, o que ocorreu pontualmente à meia-noite, no horário local. “Faltou planejamento logístico: fiquei três horas em uma fila desorganizada. A empresa precisa entender que isso é, sobretudo, um grande evento”, diz. “Apesar disso, estar com o videogame nas mãos compensa o cansaço: o console é sensacional. Fiquei horas sem dormir para jogar a última versão do Fifa.”

Call of Duty: Ghosts

Uma das franquias mais aclamadas do mercado, Call of Duty chega à nova geração com uma história envolvente e com elementos que devem tornar a experiência multiplayer ainda mais realista. Quem assina o roteiro do game é Stephen Gaghan, roteirista do filme Syriana.

Ainda que a Activision evite comentar o sucesso do coadjuvante Riley, fiel companheiro canino do jogador, o cachorro é um dos pontos fortes do título e sua repercussão na internet é indiscutível. A trama do game acontece em torno de um evento que acaba com o status de superpotência dos Estados Unidos.

O lançamento de Call of Duty: Ghosts aconteceu em 5 de novembro.

Battlefield 4

Battlefield 4 é a continuação de uma das mais consagradas séries de tiro em primeira pessoa do mercado. Nesta edição, o caos se instaura após um conflito entre Estados Unidos e China. O clima pesado entre as duas potências ganha ainda mais força quando a Rússia entra na guerra. O jogo permitirá batalhas no céu, terra ou mar e terá como protagonista Recker, um soldado que pertence ao grupo de operações especiais americano Tombstone.

As missões acontecem em diferentes localidades. A primeira delas, por exemplo, tem como cenário uma instalação russa no Azerbaijão. Dando continuidade à tradição, o jogo tem como destaque o modo multiplayer. Além de importantes evoluções gráficas, o título possui mapas maiores.

O lançamento de Battlefield 4 aconteceu em 29 de outubro. O game chegou às lojas também nas versões para PC, Xbox 360 e PlayStation 3. 

Killzone: Shadow Fall

Exclusivo para PlayStation 4, Killzone: Shadow Fall promete ser um dos carros-chefe na nova plataforma da Sony. O jogo acontece em um mundo fictício chamado Vekta, onde duas facções, os Helghast e os Vektans, disputam o domínio do planeta. O objetivo do título é, portanto, reestabelecer a paz entre os diferentes povos.

O game explora a capacidade gráfica do novo videogame da Sony e surpreende pelo seu realismo. Killzone: Shadow Fall também é um dos primeiros títulos para PS4 a usar o painel sensível ao toque do novo DualShock, o joystick do console.

O lançamento de Shadow Fall aconteceu em novembro. 

Metal Gear Solid V: The Phantom Pain

Metal Gear Solid, uma das franquias mais tradicionais do mercado, ganhará uma nova roupagem no PlayStation 4. Em The Phantom Pain, o popular herói Solid Snake voltará no papel de protagonista. O ator Kiefer Sutherland, o Jack Bauer da série 24 Horas, dublará o personagem principal, cujas missões seguirão o ritmo de um seriado de TV.

Os temas centrais serão raça e vingança e a história do jogo será baseada em uma guerra. O título promete uma trama profunda, cheia de questionamentos, característica da franquia.

Metal Gear Solid V: The Phantom Pain será lançado neste mês no Japão e também chegará às lojas nas versões para Xbox 360 e PlayStation 3.

inFamous: Second Son

Com lançamento previsto para março de 2014, inFamous: Second Son é mais um título exclusivo para PlayStation 4. O game acontece sete anos após os eventos de inFamous 2 e segue a história de Deslin Rowe, um jovem de 24 anos considerado pelo governo um bioterrorista.

Rowe é um rebelde e vive sendo monitorado. O objetivo do jogo é, portanto, fugir de todas essas câmeras de segurança e, consequentemente, do Departamento de Proteção Unificada, o DUP. Os produtores prometem uma experiência única.

O jogo chega às lojas exclusivamente para PlayStation 4 neste mês nos Estados Unidos.

Watch Dogs

Com temática contemporânea, Watch Dogs coloca o jogador no papel de um hacker capaz de utilizar tecnologia de ponta como arma para dominar Chicago. O game conta a história de Aiden Pierce, um geek que usa um smartphone para quebrar o código de segurança da central de operações da cidade e, dessa forma, controlar todas as câmeras espalhadas pela região.

A partir do acesso às informações pessoais dos habitantes, o hacker bloqueia telefones, desliga semáforos e realiza escutas ilegais. Watch Dogs será adaptado para os cinemas.

O game será lançado neste ano.