Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

SP inaugura serviço em internação de grávidas dependentes de crack

Por AE

São Paulo – Foi inaugurado nesta terça-feira, em São Bernardo do Campo, no Grande ABC paulista, o primeiro serviço especializado em internação e tratamento de grávidas dependentes de crack no Estado, segundo a Secretaria de Estado de Saúde.

Com investimento aproximado de R$ 700 mil ao ano, a unidade estadual, no Hospital Psiquiátrico Lacan, vai oferecer 10 leitos exclusivos para gestantes, com acompanhamento clínico, psiquiátrico e obstétrico, segundo a secretaria. Para ocorrências de maior complexidade, também contará com o respaldo de atendimento do Hospital Geral de Diadema.

Para ser encaminhada ao novo serviço, a gestante deve procurar voluntariamente o Centro de Referência em Álcool, Tabaco e Outras Drogas (Cratod), órgão da Secretaria localizada na região central da capital paulista, para passar por processo de triagem. O médico indicará a necessidade de internação, cujo período será variável, conforme a recomendação terapêutica proposta pela unidade.

Por meio do serviço social, o hospital encaminhou em 2010, para a Vara da Infância e Juventude, 52 crianças cujas mães não tinham condições de manter a guarda do filho em virtude da dependência química. Esse aumento foi progressivo no decorrer dos anos. Em 2007 houve apenas um caso. Em 2008, 15 crianças foram encaminhadas à Vara da Infância e Juventude. Já em 2009 foram 26 casos, e em 2010, 43.

AE