Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Obesidade entre jovens pode ser ‘contagiosa’

A obesidade entre as crianças e jovens poder ser “contagiosa”, segundo um estudo realizado pela Universidade do Havaí, nos Estados Unidos. Os pesquisadores descobriram que os jovens aderem aos maus hábitos dos amigos que estão acima do peso.

O estudo, publicado na revista científica Economics and Human Biology, analisou o comportamento de 5.000 adolescentes. Percebeu-se que os jovens se organizam socialmente de acordo com o peso, hábito que pode ser adquirido na infância. Ao longo do tempo, os pesquisadores notaram que quando um amigo engordava, o outro também ganhava peso.

Um exemplo: quando um jovem com 1,75 metro e 66 quilos – valores considerados saudáveis – tinha um amigo que engordava por volta de 3 quilos, o adolescente em forma ganhava ele próprio quase um quilo, em média. Ele continuará saudável, mas a longo prazo isso significa que ele pode se tornar obeso.

Tam Fry, do Fórum Nacional de Obesidade do Reino Unido, explicou como as amizades podem influenciar no peso. “Se você vai jantar com um amigo que é obeso, é provável que você coma o mesmo tipo de comida que ele”, disse. Fry afirma ainda que, mesmo a quilômetros de distância, os amigos têm mais poder de influência do que vizinhos, por exemplo. Os pesquisadores estão considerando também a influência inversa: “Talvez, as crianças saudáveis poderão levar bons hábitos aos amigos que são obesos”, explicou.

Entretanto, os hábitos dos pais também podem ser decisivos na saúde dos filhos. “Se o pai é gordo e não gosta muito de se exercitar – não joga bola com o filho, por exemplo – é provável que a criança queira ficar sentado com ele no sofá”, alertou Fry. Apesar de os amigos influenciarem diretamente na saúde dos jovens, especialistas explicaram que o sobrepeso não deve ser atribuído apenas a esse fator. Muitos jovens possuem uma alimentação que não é saudável e, na maioria das vezes, esses alimentos são consumidos dentro de casa e na companhia da família.