Consumo de gordura ‘saudável’ melhora prognóstico de pacientes com câncer de próstata

Estudo concluiu que homens com a doença que substituem carboidratos e gordura de origem animal por gordura vegetal têm menor risco de propagação do câncer

Homens diagnosticados com câncer de próstata devem substituir carboidratos e gordura de origem animal, presente na carne vermelha e em alimentos processados, por exemplo, por gordura vegetal, encontrada no azeite de oliva, nozes, abacate e outros ingredientes. Segundo um novo estudo americano, essa troca reduz a chance de propagação da doença e o risco de morte por qualquer causa em um período de nove anos. Os resultados dessa pesquisa foram publicados nesta segunda-feira no periódico JAMA.

CONHEÇA A PESQUISA

Título original: Fat Intake After Diagnosis and Risk of Lethal Prostate Cancer and All-Cause Mortality

Onde foi divulgada: periódico JAMA

Quem fez: Erin L. Richman, Stacey Kenfield, Jorge Chavarro, Meir Stampfer, Edward L. Giovannucci, Walter C. Willett, June Chann

Instituição: Universidade da Califórnia, San Francisco, Estados Unidos

Dados de amostragem: 4.577 homens com câncer de próstata sem metástase

Resultado: Substituir carboidratos e gordura animal por gurdura ‘saudável’ diminui em cerca de um terço o risco de morte por câncer de próstata e em 26% de morte por qualquer outra cuasa.

O estudo foi feito com 4.577 homens diagnosticados com câncer de próstata não metastático (que não havia se espalhado pelo corpo) que foram acompanhados durante oito anos, em média. Ao longo da pesquisa, 1.064 participantes morreram – 31% devido a alguma doença cardíaca; 21% em consequência do câncer de próstata; 21% devido a outro tipo de câncer; e o restante, por causas variadas.

Substituição – A cada quatro anos, os participantes responderam um questionário sobre seus hábitos alimentares. Com isso, os pesquisadores queriam tentar estabelecer uma relação entre a alimentação e os quadros de saúde de cada um. Eles concluíram que os homens que substituíram 10% das calorias que consumiam diariamente vindas de gordura animal e carboidratos por gorduras ‘saudáveis’ apresentaram um risco 29% menor de morrer em consequência da propagação do câncer de próstata. Esses pacientes também tiveram 26% menos chances de morrer por outro motivo em comparação com aqueles que não fizeram essa troca.

Leia também:

Alimentos ricos em fibras podem barrar o avanço do câncer de próstata

Acúmulo de gordura ajuda a agravar o câncer de próstata

Sociedade Americana de Urologia muda diretrizes para prevenção de câncer de próstata

“Podemos dizer com certeza que ser obeso aumenta o risco de morrer por câncer de próstata. Esse novo estudo nos dá algumas pistas em relação a isso, mostrando que substituir gordura animal por vegetal contribui com a redução desse risco”, escreveu Stephen Freedland, professor da Universidade Duke, nos Estados Unidos, em um editorial que acompanhou a pesquisa.

“A principal mensagem do trabalho é que o consumo de gorduras saudáveis e nozes pode ter um efeito protetor entre homens”, diz Erin Richman, pesquisador do Departamento de Epidemiologia e Bioestatísticas da Universidade da Califórnia, San Francisco.

Por enquanto, os achados da pesquisa foram estatísticos – ou seja, os pesquisadores observaram maior prevalência de mortes entre os homens que não fizeram essa substituição na alimentação. De acordo com Richman, o próximo passo de sua equipe é realizar um estudo que olhe de que maneira as gorduras saudáveis afetam diretamente os tumores na próstata.