Gleisi chama Moro de ‘covarde’ e afirma que o ‘PT sabe responder’

Presidente do partido diz que militância provocará instabilidade política no país caso Lula seja impedido de concorrer à Presidência na eleição de 2018

A presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), fez nesta quinta-feira duros ataques ao juiz Sergio Moro e prometeu uma resposta do partido à condenação do ex-presidente Lula a nove anos e seis meses de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro. Em discurso em frente ao Diretório Nacional da sigla, em São Paulo, a dirigente petista disse que o magistrado foi “covarde” e atuou como “instrumento daqueles que querem acabar com a democracia”.

Gleisi falou para algumas dezenas de militantes petistas pouco após Lula fazer um pronunciamento na sede do partido, o primeiro após ter sido sentenciado à prisão por Moro. “A sentença de Moro é um acinte contra a democracia e o estado de direito. Faz dois anos que ele diz que o presidente é culpado, como poderia inocentá-lo numa sentença, mesmo sem ter provas?”, disse a senadora.

“É uma pena muito grande que a Justiça se preste a esse papel. É uma pena que um juiz que é professor de uma universidade federal dê esse tipo de exemplo ao povo brasileiro e aos seus estudantes. Você foi covarde, Moro. Você foi instrumento daqueles que querem acabar com a democracia e impedir o povo de fazer sua opção nas urnas”, afirmou.

Gleisi recordou sua participação na ocupação da Mesa Diretora do Senado para retardar a votação da reforma trabalhista, na terça-feira, e disse que o PT criará um cenário de instabilidade política caso Lula seja impedido de concorrer à presidência nas eleições de 2018. O petista terá de ser condenado em segunda instância para ter a candidatura barrada pela Lei da Ficha Limpa.

A senadora declarou que o PT “sabe responder” e fez um alerta: “Não brinquem com isso. Somos de luta. Sabemos ocupar cadeira do Senado, sabemos ocupar terra improdutiva e vamos ocupar esse Brasil. Se vocês impedirem o Lula de ser candidato, vão responder por uma instabilidade política nesse país. Se querem tirar Lula da política, tenham coragem e venham para as urnas.”

Não brinquem com isso. Somos de luta. Sabemos ocupar cadeira do Senado, sabemos ocupar terra improdutiva e vamos ocupar esse Brasil. Se vocês impedirem o Lula de ser candidato, vão responder por uma instabilidade política nesse país. Se querem tirar Lula da política, tenham coragem e venham para as urnas

Senadora Gleisi Hoffman (PR), presidente do PT

Lindbergh

O senador Lindbergh Farias (RJ) foi outra liderança petista a discursar para a militância. Ele disse que o presidente Michel Temer (PMDB) está desmoralizado e que o senador Aécio Neves (PSDB-MG), citado nas delações da JBS, deveria estar preso. Segundo ele, Lula iniciará campanha nos próximos meses para “desmoralizar a sentença” proferida por Moro. Um ato a favor do ex-presidente foi anunciado para o próximo dia 20, na Avenida Paulista, em São Paulo.

“O golpe é continuado, querem transformar 2018 numa fraude. Qualquer eleição sem Lula é uma fraude”, afirmou. “Não vamos nos intimidar. Lançaremos a candidatura de Lula imediatamente. Vamos viajar esse país e desmoralizar essa sentença do juiz Sergio Moro. Tenho a convicção de que Lula será o próximo presidente da República.”

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Juvenil Neves

    Bando de esquerdistas hipócritas, enganadores, mentirosos, oportunistas de plantão disseminadores de ódio e separação do povo brasileiro. Representam o que há de mais atrasado na política, na ética e moral. Espero que não sejam reeleitos. Não votem mais nessa gente corrupta.

    Curtir

  2. Jorge F. Simão Jorge

    Tem a cara demoníaca e age como o demônio mor seu chefe. Chamar o Moro de covarde, faça isso cara cara, possivelmente pode ser presa também, motivos não faltam.

    Curtir

  3. Marcio Bamberg

    Perguntinha: quando sai o resultado dos processos dessa senhora?

    Curtir

  4. Marco Otacílio

    O homem foi condenado mas não vale nada pois apenas na segunda instância é que sua liberdade de ir e vir poderá ser “colhida”. Então pra que serve a primeira instância mesmo?

    Curtir

  5. Dorival Behrend Silva

    Só tenho uma coisa para dizer para esta senadora: você é uma imbecil!

    Curtir

  6. PAULO CORRÊA

    Essa mulher é uma doente irresponsável se escondendo no cargo que exerce e ainda ameaça. Nós é que temos que acabar com esse bando de bandidos no porrete.

    Curtir