Ex-promotor surpreende e vai ao 2º turno em Porto Velho

Nas pesquisas eleitorais, Dr. Hildon aparecia em quinto lugar. Ele disputa a próxima rodada contra o deputado estadual Léo Moraes (PTB)

Em um resultado surpreendente, a disputa pela prefeitura de Porto Velho vai ao segundo turno com o ex-promotor de Justiça Hildon de Lima Chaves, conhecido como Dr. Hildon, e o deputado estadual Léo Moraes (PTB). O tucano recebeu 27% dos votos (57.954 votos), enquanto Moraes obteve 26% (55.656 votos).

Em sua primeira disputa em um cargo eletivo, Dr. Hildon jamais apareceu no topo das sondagens eleitorais. Na última pesquisa Ibope, divulgada na sexta-feira, o candidato tucano aparecia apenas com 9% das intenções de voto, ficando em quinto lugar.

Dono de uma rede de ensino, Dr. Hildon é o candidato mais rico da disputa: informou à Justiça Eleitoral ter 11,2 milhões de reais em bens. Ele também é o que mais recebeu recursos para a campanha: quase 1,6 milhões de reais, dos quais 1,3 milhões foram tirados de seu próprio bolso.

Já Moraes era visto desde o início da disputa como a promessa deste ano. Jovem e carismático, o candidato se colocava como uma terceira via na disputa.

Os dois desbancaram o atual prefeito e candidato à reeleição Mauro Nazif (PSB), que amargava índices altíssimos de rejeição. O peessebista acabou em terceiro lugar, com 24% dos votos.