Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cunha promete comparecer à CCJ para defender recurso contra a cassação

Afastado do mandato e da presidência da Câmara há dois meses, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) promete comparecer à Casa para defender a aprovação dos recursos que podem reverter o pedido de sua cassação, aprovado em junho pelo Conselho de Ética. A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) inicia nesta quarta-feira a análise dos questionamentos ingressados por Cunha, mas a expectativa é a de que a votação aconteça apenas na próxima semana. “Decidi não comparecer por enquanto, já que será feita a leitura e terá pedido de vistas regimental de duas sessões. Comparecerei com certeza na sessão de discussão e votação para o exercício da minha defesa”, afirmou, por meio do microblog Twitter, nesta manhã. Por decisão do Supremo Tribunal Federal, Cunha não pode mais frequentar seu gabinete parlamentar, mas está autorizado a ir à Câmara para fazer a defesa. Antes, porém, terá de avisar previamente o tribunal. O peemedebista é réu no STF e foi afastado do mandato sob a suspeita de estar atrapalhando as investigações contra ele no Conselho de Ética. (Marcela Mattos, de Brasília)