Mais Lidas

  1. Ex de Susana Vieira vira garçom e vende artesanato na web

    Entretenimento

    Ex de Susana Vieira vira garçom e vende artesanato na web

  2. Teori concede liminar e suspende Eduardo Cunha do cargo de deputado

    Brasil

    Teori concede liminar e suspende Eduardo Cunha do cargo de deputado

  3. Falta uma semana para descermos a rampa com Dilma, diz ex-ministro

    Brasil

    Falta uma semana para descermos a rampa com Dilma, diz ex-ministro

  4. Clientes de restaurante vegano descobrem que donos comem carne e se revoltam

    Mundo

    Clientes de restaurante vegano descobrem que donos comem carne e se...

  5. Governistas já ensaiam discurso de oposição - e cobram até redução de ministérios

    Brasil

    Governistas já ensaiam discurso de oposição - e cobram até redução...

  6. STF arquiva acusação de Delcídio contra Dilma por caso Pasadena

    Brasil

    STF arquiva acusação de Delcídio contra Dilma por caso Pasadena

  7. Atriz revela ser dublê de corpo do nude de Maitê Proença

    Entretenimento

    Atriz revela ser dublê de corpo do nude de Maitê Proença

  8. Suzane Richthofen deixa cadeia em saída do Dia das Mães

    Brasil

    Suzane Richthofen deixa cadeia em saída do Dia das Mães

Americana Netflix começa a operar no Brasil

Serviço oferece vídeos sob demanda na rede por mensalidade de 14,99 reais

Por: Renata Honorato - Atualizado em

Reed Hastings, CEO do Netflix, apresenta serviço em coletiva
Reed Hastings, CEO do Netflix, apresenta serviço à imprensa(Renata Honorato/VEJA)

A Netflix, empresa americana especializada na oferta de vídeos sob demanda via internet, começou sua operação no Brasil nesta segunda-feira. O serviço chega ao país com um pacote no valor de 14,99 reais mensais, além de um mês grátis para testes.

Para acessar o conteúdo, o usuário deve fazer um cadastro no site oficial do serviço. Uma vez registrado, poderá escolher filmes e seriados diretamente em seu computador ou ainda em consoles de games como o Wii, da Nintendo, e PlayStation 2 e 3, da Sony. O aplicativo do Netflix para Xbox 360, da Microsoft, estará disponível até o fim do ano, assim com as versões para iPhone e iPad, da Apple. Já no portátil Nintendo 3DS, o recurso só chega no ano que vem.

TVs Samsung e LG de nova geração que podem ser conectadas à internet também ganharão o aplicativo. O objetivo da Netflix é inserir o recurso em todas as "smarTVs". Aparelhos de Blu-Ray com acesso à rede também poderão ser conectados ao serviço.

Os assinantes do serviço poderão escolher filmes e seriados sem restrições de horários, acabando com a dependência imposta pelas emissoras. Entre os parceiros da Netflix estão grandes estúdios, como Paramount Pictures, Sony Pictures Television e NBCUniversal, além de canais como ABC e CBS, entre outros.

O catálogo traz centenas de filmes, como os campeões de bilheteria Forrest Gump, Beleza Americana, Procurando Nemo e Orgulho e Preconceito, entre outros. Alguns estão dublados em português e não possuem a opção de áudio ou legendas no idioma original. É o caso de Anatomia de Grey, série conhecida no país como Grey's Anatomy. Outras obras disponíveis, como Mad Man, permitem escolher entre a versão dublada ou legendada.

Cientes da paixão dos brasileiros pelas novelas, o Netflix incluiu em seu cardápio conteúdos produzidos na América Latina, como as venezuelanas Caminhos entre a Lua e o Sol e Minha Bela Querida. Somente duas novelas brasileiras, Meu Pé de Laranja Lima e Água na Boca, exibidas pela Rede Bandeirantes em 1998 e 2008, respectivamente, estão disponíveis.

Segundo Reed Hastings, CEO da Netflix, o objetivo é personalizar o sistema de acordo com a demanda. Durante a coletiva de imprensa desta segunda-feira, em São Paulo, o executivo não descartou a possibilidade de oferecer, no futuro, programas da TV Globo. "Gostaríamos de trabalhar com eles", disse.

É importante lembrar que o acesso ao conteúdo é feito via banda larga, cuja velocidade tem impacto direto na qualidade do sinal e, portanto, na experiência do usuário: quanto mais rápida, melhor. A empresa aproveita um momento propício para as alternativas on-line, tendo em vista que a velocidade da conexão no país melhorou e os aparelhos de TV passaram a ganhar recursos que permitem sua ligação direta com a web.

Nas próximas semanas, outros 42 países da América Latina e Caribe ganharão suas versões do serviço. Nos Estados Unidos, mais de 25 milhões de usuários acessam o Netflix, lançado em 1997. Líder na categoria de vídeos sob demanda no país, o valor da assinatura na região é de oito dólares mensais. No Canadá, onde o serviço está disponível a um ano, há um milhão de usuários.

TAGs:
Tvs Digitais
TV Paga