Mais Lidas

  1. MG: oposição entra com recursos contra nomeação da mulher de Pimentel

    Brasil

    MG: oposição entra com recursos contra nomeação da mulher de Pimentel

  2. MP faz nova denúncia contra João Santana, Odebrecht e mais 15 na Lava Jato

    Brasil

    MP faz nova denúncia contra João Santana, Odebrecht e mais 15 na...

  3. Pimentel garante foro privilegiado à mulher, alvo da Acrônimo

    Brasil

    Pimentel garante foro privilegiado à mulher, alvo da Acrônimo

  4. 'Arrimo de família', operador de propina pede desbloqueio de R$ 405 mil

    Brasil

    'Arrimo de família', operador de propina pede desbloqueio de R$ 405...

  5. Manifestantes anti-impeachment entram em conflito com polícia do Senado

    Brasil

    Manifestantes anti-impeachment entram em conflito com polícia do...

  6. Ex-BBB Ana Paula elogia (e envelhece) Patrícia Poeta: 'A senhora arrasa'

    Entretenimento

    Ex-BBB Ana Paula elogia (e envelhece) Patrícia Poeta: 'A senhora...

  7. Atriz de ‘50 Tons’ se diz ‘entediada’ após gravar cenas de sexo por sete horas

    Entretenimento

    Atriz de ‘50 Tons’ se diz ‘entediada’ após gravar cenas de sexo por...

  8. Câmara aprova regime de urgência para projeto de reajuste do Judiciário

    Brasil

    Câmara aprova regime de urgência para projeto de reajuste do...

SUS reduz idade mínima para cirurgia bariátrica

Adolescentes de 16 anos poderão passar pelo procedimento, segundo a Saúde

- Atualizado em

Ganho excessivo de peso: o controle das taxas de colesterol e de pressão sanguínea não refletiram no controle dos índices mundiais de obesidade
Cirurgia bariátrica: Jovens obesos poderão realizar o procedimento pelo SUS a partir dos 16 anos (Hemera Technologies/Thinkstock/VEJA)

O Ministério da Saúde vai reduzir a idade mínima para a realização de cirurgia bariátrica de 18 para 16 anos pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A mudança integra um conjunto de medidas sobre o tratamento, que deverá ser colocado em prática a partir do próximo ano. O pacote também inclui a obrigatoriedade de cinco exames antes da operação e a oferta de mais uma cirurgia plástica indicada para pacientes que perderam peso. Além da correção do abdome, a rede pública passará a oferecer a reparação na área dorsal a essas pessoas.

"Os exames feitos na fase pré-operatória são ofertados por alguns centros. Mas agora passam a ser obrigatórios", afirmou o ministro da Saúde, Alexandre Padilha. A técnica usada para a cirurgia de redução também deverá ser alterada. A operação usada hoje, chamada de gastrectomia vertical em banda, traz um número alto de recidivas (quando pacientes, apesar de operados, voltam a engordar). A nova técnica, chamada de gastroplastia vertical em manga, de acordo com Padilha, tem resultados melhores (veja infográfico para conhecer os procedimentos de redução do estômago mais usados).

Tratamento precoce - A decisão de reduzir a idade mínima de 18 para 16, explicou, está de acordo com recomendações internacionais e atende a uma reivindicação feita pelo Conselho Federal de Medicina (CFM). "Estudos mostram que o tratamento precoce da obesidade grave pode evitar a ocorrência de uma série de problemas correlatos, como problemas cardiovasculares". A indicação do tratamento para adolescentes é a mesma que a destinada para adultos: índice de massa corporal superior a 40. Para pacientes que já apresentam problemas relacionados à obesidade, como hipertensão e diabetes, a indicação da cirurgia é feita com índice de massa corporal superior a 35 (calcule aqui o seu IMC).

O ministério também deverá começar a pagar uma equipe multidisciplinar, encarregada de fazer o tratamento. "Muitos serviços já ofertam esse tipo de assistência. Mas eles não recebiam pelo atendimento, algo que agora vai mudar", declarou Padilha. A nova política muda ainda os critérios para credenciamento de hospitais. Além de infraestrutura mínima, a instituição terá de formar uma rede com um centro de atenção básica e outro, de média complexidade.

As medidas do Ministério da Saúde foram incluídas na consulta pública sobre cirurgia bariátrica. A consulta deverá ser concluída neste mês. "Outras mudanças poderão ser incluídas, vamos avaliar as contribuições da sociedade", informou Padilha. O pacote do ministério prevê em 20% o aumento do valor pago pelo procedimento. O reajuste, no entanto, somente será definido, se houver anuência de representantes de secretários estaduais e municipais de Saúde.

Leia também:

Cirurgia bariátrica diminui em até quatro vezes o risco de diabetes tipo 2

Entidade abaixa IMC necessário para cirurgia bariátrica em pacientes diabéticos

(Com Agência Estado)

TAGs:
Cirurgias
Dietas
Obesidade
SUS
Ministério da Saúde