Mais Lidas

  1. Comissão tem bate-boca entre Janaína e Lindbergh por juiz que mandou prender Paulo Bernardo

    Brasil

    Comissão tem bate-boca entre Janaína e Lindbergh por juiz que...

  2. ‘Game of Thrones’: por que saber a origem de Jon Snow é importante

    Entretenimento

    ‘Game of Thrones’: por que saber a origem de Jon Snow é importante

  3. Juiz mantém prisão de Paulo Bernardo e demais investigados na Custo Brasil

    Brasil

    Juiz mantém prisão de Paulo Bernardo e demais investigados na Custo...

  4. Morre o ator Bud Spencer, ícone do western spaghetti

    Entretenimento

    Morre o ator Bud Spencer, ícone do western spaghetti

  5. Com crise financeira no RJ, Dornelles diz que Jogos podem ser 'grande fracasso'

    Brasil

    Com crise financeira no RJ, Dornelles diz que Jogos podem ser...

  6. Gleisi diz que prisão de Paulo Bernardo é 'tortura da era moderna'

    Brasil

    Gleisi diz que prisão de Paulo Bernardo é 'tortura da era moderna'

  7. Silvio Santos dá cantada e agarra 'colega de auditório'

    Entretenimento

    Silvio Santos dá cantada e agarra 'colega de auditório'

  8. Entenda a diferença entre Inglaterra, Grã-Bretanha e Reino Unido

    Mundo

    Entenda a diferença entre Inglaterra, Grã-Bretanha e Reino Unido

Finlândia pretende expulsar dois terços dos refugiados que pediram asilo em 2015

- Atualizado em

Refugiados caminham para o centro de acolhimento de refugiados do Lappia-edifício em Tornio, no noroeste da Finlândia
Refugiados caminham para o centro de acolhimento de refugiados Lappia-edifício em Tornio, no noroeste da Finlândia(LEHTIKUVA / JUSSI NUKARI/AFP)

A Finlândia calcula que expulsará cerca de 20.000 das 32.476 pessoas que solicitaram asilo no país em 2015, já que elas não cumprem os requisitos necessários para obter o status de refugiados, informou nesta quinta-feira a imprensa local. O número, informado pela secretária do Ministério do Interior da Finlândia, Päivi Nerg, à emissora MTV3, representa 62% de todas as solicitações de asilo recebidas no ano passado - em 2015, chegaram à Finlândia nove vezes mais refugiados do que em 2014.

"Estimamos que serão expulsos cerca de 20.000 solicitantes (de asilo), embora o número possa variar dependendo de quantos queiram retornar ao seu país de origem voluntariamente", afirmou Nerg.

Leia mais:

Suécia informa que vai expulsar entre 60 e 80 mil refugiados

Até o momento, cerca de 4.000 pessoas que chegaram à Finlândia em 2015 retiraram seus pedidos de asilo de forma voluntária. Por isso, elas deverão retornar o mais rápido possível ao seu país de origem.

A secretária do Ministério do Interior admitiu que a Finlândia endureceu os critérios para a concessão de asilos após a chegada em massa de refugiados, a maior parte deles procedente do Iraque. "Cada decisão é tomada de forma individual. Se a condição de refugiado é genuína ou se existe realmente a necessidade de assistência internacional, então a Finlândia concederá o asilo", destacou Nerg.

Em 2014, o governo finlandês negou asilo a 56% dos 3.651 solicitantes por não cumprirem os requisitos estabelecidos no direito internacional.

Nesta quinta-feira, a Suécia anunciou que pretende expulsar entre 60.000 e 80.000 pessoas que tiveram suas solicitações de asilo negadas. Esse número representa quase metade dos 163.000 solicitantes de asilo no país em 2015, o número mais alto per capita em toda a Europa.

(Com EFE)

TAGs:
Finlândia
Refugiados