Alimentação

Valor de merendas em creche e pré-escola é reajustado

Cifras, que variavam entre 30 e 60 centavos de real por criança, agora vão de 50 centavos a 1 real

Criança brinca em creche

Criança brinca em creche. Governo quer construir 6 mil escolas de educação infantil (Sandra Mu/Getty Images/VEJA)

O Diário Oficial da União publicou, na edição desta terça-feira, resolução do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) que altera os valores da merenda escolar para alunos de creches e pré-escolas públicas. Os valores, que variavam entre 30 e 60 centavos de real por criança, agora vão de 50 centavos a 1 real. No níveis fundamental, médio e educação de jovens e adultos (EJA), não houve reajuste: o valor segue em 30 centavos.

Leia também:
Gustavo Ioschpe: 'Nossa escola não é feita para dar certo'
Educação básica tem 'abismos' entre regiões em SP
Brasil deve investir na pré-escola, diz Nobel de Economia


Segundo dados do Censo da Educação Básica 2011, organizados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas (Inep) e divulgados em abril, 2.298.707 crianças foram matriculadas em creches e outras 4.681.345 na pré-escola em 2011. Contudo, em 2010, havia pelo menos 1.156.846 crianças de 4 e 5 anos fora da escola, de acordo com a organização Todos pela Educação.

Na segunda-feira, prefeitos assinaram um acordo com o Ministério da Educação (MEC) para a construção de 1.512 unidades de creches e pré-escolas. O governo afirma que, até 2010, foram firmados convênios com os municípios e o DF para a construção de 2.543 unidades. Em 2011, a meta passou a ser o financiamento de 6.000 escolas de educação infantil até 2014. 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados