Tarja Universidades

Universidades

USP perde liderança de ranking acadêmico da América Latina

Pontifícia Universidade Católica do Chile ultrapassa instituição paulista, mostra levantamento da QS. Das 300 universidades listadas, 78 são brasileiras

Bianca Bibiano
Universidade de São Paulo

Universidade de São Paulo (Marcos Santos/USP Imagens/VEJA)

A Universidade de São Paulo (USP) perdeu o posto de melhor universidade da América Latina no ranking elaborado pela QS Quacquarelli Symonds, consultoria britânica especializada em educação superior. A instituição brasileira era líder do levantamento anual desde a sua criação, em 2011. A USP, que agora figura em segundo lugar, foi ultrapassada pela Pontifícia Universidade Católica do Chile (UC).

Leia também:
Crise financeira na USP congela obras e orçamento de pesquisa
Marco Antonio Zago: 'USP precisa de indicadores para avaliar sua qualidade'
Greve na USP, Unesp e Unicamp começa nesta terça-feira

2012: USP mantém posto de melhor universidade da América Latina

Segundo o texto de apresentação do ranking 2014, a UC despontou em dois quesitos. A instituição reduziu o número de alunos por professor e aumentou sua influência no mundo virtual (Webometrics). O principal avanço, contudo, é o maior impacto da pesquisa produzida na instituição chilena, medido pelas citações em jornais acadêmicos internacionais.

Segundo Danny Byrne, editor do TopUniversities, site que publica o ranking, a queda da USP não deve ser compreendida como uma tendência entre as instituições brasileiras. "O Brasil tem agora dez das vinte melhores universidades da América Latina, duas a mais do que no ano passado", diz. As novatas são a UnB e a UFSCar

A USP se destaca nos itens produtividade em pesquisa e medição do número de artigos produzidos por docentes. As oito melhores instituições neste indicador são brasileiras, com apenas a Universidade do Chile no top 10.

A Universidade de Buenos Aires (UBA), uma referência na região, também vem perdendo posições no ranking. A instituição portenha figurava no 8º lugar em 2011 e agora aparece em 19º. Para Martin Juno, analista sênior da QS Intelligence Unit, a relação relativamente alta entre alunos e professor em sala de aula e uma taxa pequena de docentes com doutorado contribuiu para a queda.

"As universidades do México, Argentina e Colômbia se destacam em áreas específicas, mas atualmente não apresentam consistência no conjunto de indicadores em comparação com as principais instituições acadêmicas do Brasil e do Chile", diz o diretor de pesquisa da QS Intelligence Unit, Ben Sowter. "O numero de alunos por professor continua sendo o maior desafio nas principais instituições públicas de pesquisa da região."

Vinte e um países latino-americanos têm ao menos uma universidade entre as 300 instituições que figuram no ranking. O Brasil tem o maior número de participantes: 78. O México vem depois, com 46, seguido por Colômbia (41), Argentina (34), e Chile (30).

A análise das instituições leva em conta reputação acadêmica, reputação dos graduados no mercado de trabalho, número de alunos por professor, número de publicações e citações, proporção de professores com doutorado e presença digital.

As 10 melhores universidades da América Latina (*empate)

       
Posição em 2013 Posição em 2014 Instituição País
1 2 Pontificia Universidad Católica do Chile Chile
2 1 Universidade de São Paulo (USP) Brasil
3 3 Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) Brasil
4 8 Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Brasil
5 4 Universidad de Los Andes Colombia Colômbia
6 5 Universidad de Chile Chile
7 7 Tecnológico de Monterrey (Itesm) México
8 6 Universidad Nacional Autónoma de México (Unam) México
9 11 Universidade Estadual Paulista (Unesp) Brasil
10* 10 Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) Brasil
10* 14 Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) Brasil

Fonte: QS Quacquarelli Symonds

 

 

As 10 melhores universidades brasileiras segundo o ranking

     
Posição em 2014 Posição em 2013 NOME DA INSTITUIÇÃO
2 1 Universidade de São Paulo (Usp)
3 2 Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)
4 8 Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
9 11 Universidade Estadual Paulista (Unesp)
10 10 Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
10 14 Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
13 18 Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio)
15 17 Universidade Federal de São Paulo (Unifesp)
17 21 Universidade de Brasília (UnB)
18 29 Universidade Federal de São Carlos (UFSCar)

Fonte: QS Quacquarelli Symonds

Para conferir o ranking completo, acesso o site do TopUniversities

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados