Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Wikileaks fará novos vazamentos relacionados às eleições nos EUA

"A primeira publicação vai acontecer esta semana", disse o australiano Julian Assange, criador do Wikileaks

O ativista e fundador do Wikileaks, Julian Assange, afirmou nesta terça-feira que esta semana divulgará a primeira de uma série de novas publicações que inclui material “significativo” em relação as próximas eleições nos Estados Unidos.

Assange fez essas declarações durante uma videoconferência, em um ato de sua organização, em Berlim, onde comemora o 10º aniversário do Wikileaks. “A primeira publicação vai acontecer esta semana”, disse o australiano, após revelar que pretende publicar documentos “três vezes por semana” até as eleições presidenciais nos EUA, previstas para o dia 8 de novembro.

Leia também
Trump pode ter ficado 18 anos sem pagar imposto de renda, diz NYT
Trump violou embargo à Cuba em 1998, diz revista
Hillary abre pequena vantagem sobre Trump após debate 

Hackers — Nesta segunda, o FBI (a polícia federal americana) confirmou que hackers sondaram o sistema de votação de muitos Estados americanos, mas não há sinais de que manipularam qualquer dado de votação. Funcionários de segurança nacional estão investigando várias possíveis pistas que sugerem que criminosos cibernéticos estão tentando influenciar a eleição presidencial de 8 de novembro, inclusive hackeando sistemas sob o controle do Comitê Nacional Democrático.

O candidato republicano Donald Trump acusou diversas vezes que o sistema eleitoral dos EUA é passível de fraude, e líderes democratas no Congresso acusaram a Rússia de estar por trás das repetidas tentativas de acessar dados dos dois partidos e sistemas estaduais de votação. “Em meses recentes, atores cibernéticos maliciosos estão examinando um grande número de sistemas estaduais, o que pode ser um preâmbulo para tentar intrusões”, disse o secretário de Segurança Nacional, Jeh Johnson.

(Com agências EFE e Reuters)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Veremos quem serão os verdadeiros criminosos que nas sombras definem a sua agenda política em troca de tudo e pelo poder.

    Curtir