Clique e assine a partir de 8,90/mês

Trump pode ter ficado 18 anos sem pagar imposto de renda, diz NYT

Candidato republicano teve um prejuízo de 916 milhões de dólares em 1995 e, por isso, ficou anos sem pagar impostos

Por Da redação - 3 out 2016, 10h30

O candidato republicano à Casa Branca, Donald Trump, pode ter deixado de pagar impostos federais por 18 anos, de acordo com uma reportagem publicada pelo The New York Times. O jornal teve acesso à declaração de renda feita pelo magnata em 1995, na qual ele diz ter sofrido um prejuízo de 916 milhões dólares. Com isso, Trump pode ter usado a perda para, legalmente, não pagar o imposto federal sobre rendimentos até 2013.

Já se sabia que Trump perdeu dinheiro entre princípios e meados da década de 1990 – período marcado por falências e más decisões de negócios -, mas os registros obtidos pelo jornal mostram perdas de tal magnitude que parecem ter permitido que Trump evitasse o pagamento de impostos durante vários anos. A campanha do magnata não se manifestou diretamente sobre a autenticidade do material divulgado, entregue ao Times por uma fonte anônima, mas seu ex-contador, Jack Mitnick, confirmou que o documento era verdadeiro.

Segundo a publicação, os prejuízos de Trump em 1995 ocorreram por conta da má gestão de três cassinos em Atlantic City, da fracassada incursão no setor de companhias aéreas e da intempestiva aquisição do Plaza Hotel, em Manhattan. Apesar das informações do Times, não é possível saber se isso de fato ocorreu, já que o candidato se nega a divulgar suas declarações de imposto de renda. A prática é adotada por todos os aspirantes à Casa Branca desde 1976 e já foi realizada pela democrata Hillary Clinton.

Leia também:
Trump violou embargo à Cuba em 1998, diz revista
Hillary abre pequena vantagem sobre Trump após debate
Trump fez participação em filme ‘softcore’ da Playboy

Em resposta à reportagem, o republicano declarou que “a única notícia aqui é que um documento fiscal de mais de 20 anos foi obtido ilegalmente, em mais uma demonstração de que o The New York Times, assim como a mídia do establishment em geral, é uma extensão da campanha de Hillary Clinton”. O comunicado diz ainda que Trump é um “homem de negócios muito hábil, que tem a responsabilidade com seus negócios, sua família e seus funcionários de não pagar mais impostos do que o legalmente pedido”.

Hillary também se manifestou sobre o assunto e afirmou que os dados divulgados pelo jornal revelam que o sistema fiscal norte-americano é “injusto” – uma de suas propostas é elevar a taxação sobre os mais ricos. Robby Mook, gerente de campanha da democrata, disse em nota que Trump “conseguiu evitar o pagamento de impostos por quase duas décadas – enquanto dezenas de milhões de famílias trabalhadoras pagam os seus”. “Ele se diz ‘esperto’.  Por que ele não vai em frente e publica seu imposto de renda para nos mostrar o quão ‘esperto’ ele é?”, afirmou Mook.

(Com ANSA e Estadão Conteúdo)

 

Continua após a publicidade
Publicidade