Turquia proíbe namoro na TV e bloqueia Wikipedia

Em outra determinação, governo demitiu 4 mil funcionários públicos, acusados de serem golpistas

A Turquia aprovou dois novos decretos neste sábado. Um deles determina a demissão de mais de 4 mil funcionários públicos e o outro proíbe programas de namoro na televisão. O Diário Oficial do país publicou os decretos durante a noite (horário local), ordenando a demissão de cerca de 500 acadêmicos e de mais de mil militares turcos. O decreto também restabelece o emprego de 236 pessoas.

Veja também

O estado de emergência que continua a vigorar no país veio após a tentativa de golpe contra o governo do presidente Recep Tayyip Erdogan. Desde então, mais de 47 mil pessoas foram presas e 100 mil estão sendo investigadas por supostas conexões com organizações terroristas.

Também neste sábado, o acesso à enciclopédia online Wikipedia foi bloqueado, por conteúdo que apresenta o país como apoiador do terrorismo.

A agência de notícias estatal do país, a Anadolu, disse que o site foi bloqueado por “se tornar uma fonte de informações agindo com grupos realizando uma campanha de difamação contra a Turquia na arena internacional”.

(Com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. persianasflaci.blogspot.com

    Mais um ditador no poder ..

    Curtir

  2. José Honôrio Ferreira

    Já não basta a venezuela que tem um ditador? já chega,precisamos melhorar este mundo.que seja um mundo melhor para todos.

    Curtir

  3. andré luís mirana da silva

    “PARABÉNS AOS TURCOS QUE VOTARAM POR MAIORES PODERES A ESSE BUNDÃO!

    Curtir

  4. Gerador emprego

    Povo sem noção criaram mais um monstro só sai do poder agora com guerra…mais um país voltando a idade média por conta maldit comunismo…. Esquerda suma dá face dá terra…

    Curtir

  5. Wilson Coral

    Coisa semelhante ao que está ocorrendo na Turquia, o PT estava querendo fazer no Brasil. Um presidente ficar até 2029? Se isto não é ditadura, não sei mais o que é.

    Curtir

  6. O PT é a cara da Turquia, porém, foi eliminado antes de uma eventual guerra civil.

    Curtir

  7. Luiz Peixoto

    Só espero que o óvo turco não se arrependa de ter dado tanto apoio a esse ditador. Quando eles começarem a sentir na pele, talvez possa ser tarde demais.

    Curtir

  8. César Guerra

    País muçulmano em paz é só quando tem ditador no poder. Sem ditador vira bagunça, é pior. Vejam o Irã e Arábia. Quando tiraram Sadan do poder, olhem como ficou. Tiraram Kadafi na Líbia, olhem como ficou. Deixem o ditador turco lá é longa vida a ele. Muçulmano funciona assim.

    Curtir