Três tiroteios em universidades americanas deixam 2 mortos e 5 feridos

Os tiroteios aconteceram na Universidade do Norte do Arizona, onde um estudante morreu, e na Universidade do Sul do Texas, onde outra pessoa morreu e 2 ficaram feridas

Três tiroteios em áreas universitárias americanas deixaram dois mortos e cinco feridos nessa sexta-feira. O primeiro aconteceu na Universidade do Norte do Arizona, durante a madrugada. Dois grupos de estudantes entraram em confronto ao lado de uma fraternidade, e um jovem morreu após ser baleado. Outros três estudantes ficaram feridos. O responsável pelos disparos, identificado como Colin Brough, está sob custódia da polícia local.

A diretora de relações públicas da instituição, Cindy Brown, disse que a polícia recebeu um telefonema sobre o caso à 1h20 do horário local (5h20 no horário de Brasília). O incidente ocorreu em um estacionamento perto de um dormitório, no campus de Flagstgaff. A universidade afirmou, em sua conta no Twitter, que a situação no campus estava sob controle e que o local não estava fechado. A universidade pública, localizada no Arizona, tem mais de 25 mil universitários em seu campus de Flagstaff.

Leia também:

Atirador do Oregon era esquisitão que tinha arsenal em casa

Aluno que confrontou atirador em faculdade vira herói nos EUA

Atirador de Oregon tinha arsenal de 13 armas; 6 delas foram encontradas na faculdade

Outro tiroteio, dessa vez nos dormitórios da Universidade do Sul do Texas (TSU), próxima a Houston, deixou uma pessoa morta e outra ferida. O porta-voz da universidade, Kendrick Callis, afirmou que os tiros foram reportados às 11h30 do horário local, 13h30 no Brasil, e que a universidade estava fechada e as aulas foram canceladas pelo dia de hoje. Segundo a polícia de Houston, um possível suspeito foi detido.

O tiroteio ocorreu no mesmo dormitório em que uma outra pessoa foi atingida durante a madrugada dessa sexta-feira, afirmou Callis. A vítima dos tiros foi atendida em um hospital próximo e já foi liberada. Contudo, ainda não está claro se os dois incidentes na Universidade do Sul do Texas estão relacionados.

Os incidentes aconteceram no mesmo dia em que o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, se reúne com as vítimas do tiroteio da semana passada em outro centro educativo do Oregon, onde morreram dez pessoas.

(Da redação)