Traída, ex-mulher de Hollande diz ser ‘muito sexy’ para ele

A ex-primeira-dama da França, Valerie Trierweiler, causou alvoroço nas redes sociais ao publicar uma foto com uma camiseta com os dizeres “I’m too sexy for my ex” (“Sou muito sexy para meu ex”, em livre tradução do inglês). A provocante imagem da ex-mulher de François Hollande, publicada de madrugada, foi retuitada milhares de vezes. A imprensa local acredita que se trata de um sinal de que Trierweiler, de 50 anos, não irá perdoar tão cedo o ex-companheiro pela traição que acabou com o relacionamento. Irritada com a repercussão da imagem, a ex-primeira-dama rebateu dizendo que “não é preciso inventar coisas ou levá-las para o lado errado, foi apenas uma piada durante um jantar entre amigas”.

Trierweiler, cujo envolvimento com Hollande teve início quando ele ainda era casado com Ségolène Royal, mãe de seus quatro filhos, terminou a relação no ano passado, após surgirem fotos do mandatário com a atriz Julie Gayet. Segundo a revista Closer, eles estariam se encontrando há mais de dois anos.

Leia também:

França restringirá circulação em Paris se poluição continuar alta

França: Marine Le Pen é julgada por incitação ao ódio

Após a separação, Valerie lançou o livro “Merci pour ce moment” (“Obrigada por este momento”, em tradução livre) criticando o ex. A obra, que se tornou best-seller instantâneo, retrata Hollande como um homem “frio, cínico, que não sorri, menospreza os outros e que se desumanizou com a conquista do poder”. Além disso, ela afirma que o presidente não gosta de pobres. Todas essas afirmações foram negadas pelo mandatário.

(Com ANSA)