O caminho do atropelamento na Times Square, em vídeo

As imagens das câmeras de segurança foram divulgadas nesta sexta-feira

As câmeras de segurança registraram o trajeto do motorista que atropelou 22 pessoas na Times Square, uma das mais turísticas avenidas de Nova York, nos Estados Unidos, nesta quinta-feira. Os vídeos mostram o momento em que Richard Rojas, que aparentemente dirigia de maneira calma, faz uma conversão proibida com seu Honda Accord, avança em alta velocidade pelo calçadão da famosa avenida, atingindo a multidão, e acaba batendo em poste. Uma jovem de 18 anos morreu no incidente.

As imagens são fortes e mostra pessoas atingidas e arrastadas pelo veículo, enquanto outras tentam desviar desesperadas. O homem tentou fugir após a batida, mas alguns policiais o perseguiram e conseguiram prendê-lo.

Um segundo vídeo, gravado por turistas que estavam no local, registrou outro ângulo da batida e mostra o carro suspenso apenas pelas rodas traseiras no instante do impacto.

O motorista, de 26 anos, estava aparentemente alcoolizado ou drogado.  Autoridades informaram que não há sinais de terrorismo e o caso é tratado como acidente.

Rojas é veterano da Marinha dos Estados Unidos e já havia sido preso quatro vezes por delitos como dirigir embriagado e ameaçar uma pessoa com uma faca. Ele sofre de transtornos psicológicos e afirmou que “ouviu vozes” antes do incidente, de acordo com a polícia local. Segundo a agência Reuters, após ser capturado pelos oficiais no local do atropelamento, Rojas disse que deveria ter morrido. “Vocês deveriam ter atirado em mim”, afirmou.