Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Jornalista sequestrada há dois dias é encontrada degolada no México

Uma jornalista da cidade de Veracruz foi assassinada e seu corpo abandonado nesta terça-feira, depois de ter sido sequestrada há dois dias, informaram a polícia e o jornal Notiver, veículo para o qual trabalhava.

“A repórter Yolanda Cruz foi encontrada morta atrás da sede do jornal Imagen”, na região metropolitana de Veracruz, informou o Notiver em seu site. Cruz era considerada desaparecida desde o final de semana.

Uma fonte policial desta cidade do leste do México disse à imprensa que a mulher aparentemente tinha sido degolada. O governo local anunciou uma entrevista coletiva à imprensa para as próximas horas.

É o quarto assassinato de um jornalista registrado este ano no México

Outro funcionário do jornal Notiver de Veracruz, o colunista Miguel Ángel López, foi assassinado há um mês ao lado de sua esposa e de seu filho de 21 anos por um grupo que invadiu sua casa.