Identificado suspeito de tiroteio de quinta-feira no sul de Paris

Duas pessoas foram detidas suspeitas de estarem relacionadas com o ataque. O atirador, que estava com uma pistola e um rifle, segue sendo procurado

Um homem suspeito de ser o autor dos disparos que deixaram uma policial morta e um funcionário municipal de limpeza urbana ferido nesta quinta-feira no sul de Paris foi identificado e duas pessoas próximas a ele foram detidas, confirmou nesta sexta um porta-voz da polícia. A promotoria francesa classificou o episódio em Montrouge, subúrbio de Paris, como um ato terrorista, mas não confirmou se há ligação com o atentado contra a sede da revista satírica Charlie Hebdo, que deixou doze mortos.O atirador ainda não foi detido, mas está sendo procurado pela polícia francesa.

O prefeito de Montrouge, Jean-Loup Metton, disse que a policial e um colega atendiam a um chamado de acidente de trânsito no momento do tiroteio. Testemunhas disseram que o criminoso fugiu em um carro modelo Renault Clio, e fontes policiais disseram que ele portava uma pistola e um rifle. As identidades das vítimas não foram reveladas pela polícia.

Leia também

Polícia cerca fábrica onde estariam os irmãos Kouachi

Suspeito de atentado teria treinado com a Al Qaeda no Iêmen

Como Cherif Kouachi se tornou o homem mais procurado da França

O primeiro-ministro da França, Manuel Valls, foi questionado na rádio RTL se temia novos ataques, após uma reunião de emergência no gabinete do presidente francês, François Hollande. “Essa pergunta é inteiramente legítima, essa é obviamente nossa maior preocupação, e é por isso que milhares de policiais e investigadores estão sendo mobilizados para capturar esses indivíduos”, disse.

(Com agência France-Presse)

.