Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

CEOs de grandes empresas abandonam conselho de governo Trump

Decisão dos presidentes da Intel, Merk e Under Armor foi motivada pelo aumento da tensão racial nos Estados Unidos

O executivo-chefe da Intel, Brian Krzanich, renunciou à cadeira no Conselho de Manufatura dos Estados Unidos em meio ao aumento da tensão racial no país. O executivo lamentou que o clima político dividido esteja causando problemas no país.

“Muitos em Washington parecem mais preocupados em atacar qualquer um que discorde deles”, disse Krzanich, sem citar diretamente o presidente americano, Donald Trump.

A renúncia de Krzanich do órgão, que reúne os mais importantes industriais do país, aconteceu após o confronto violento de sábado entre supremacistas brancos e manifestantes pró-minorias em Charlottesville, na Virgínia, que deixou uma pessoa morta e ao menos 34 feridas. Na manhã desta segunda (14), os executivos-chefes da empresa farmacêutica Merck, Kenneth Frazier, e da empresa de produtos esportivos Under Armour, Kevin Plank, também entregaram suas cadeiras no painel.

Trump afirmou inicialmente que o incidente teria muitos lados. Criticado por não nomear e criticar os grupos intolerantes, só na segunda-feira decidiu subir o tom, ao classificar membros da Ku Klux Klan, neonazistas e supremacistas brancos como “criminosos e bandidos”.

 

(Com agência Estado)