Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Carly Fiorina, ex-CEO da HP, entra na corrida presidencial dos EUA

Ela é a primeira mulher republicana a anunciar sua pré-candidatura. Carly está se posicionando como conservadora, pró-negócios e altamente crítica à democrata Hillary Clinton

(Atualizado às 21h16)

A ex-presidente da empresa de tecnologia Hewlett-Packard, Carly Fiorina, anunciou nesta segunda-feira que está concorrendo à Presidência dos Estados Unidos, se tornando até agora a única mulher entre os pré-candidatos republicanos à Casa Branca em 2016. Uma das mulheres mais poderosas no mundo corporativo americano, Carly anunciou a pré-candidatura no programa da rede ABC News, ‘Good Morning America’.

“Sim, estou concorrendo à Presidência. Acho que sou a melhor pessoa para o cargo porque entendo como a economia realmente funciona. Entendo o mundo, quem está nele, como o mundo funciona”, disse ele em dos programas de maior audiência nas manhãs americanas. Carly tem 60 anos, nunca ocupou um cargo público e está entre os últimos colocados nas pesquisas entre cerca de uma dúzia de possíveis candidatos republicanos.

Leia também

Senador Bernie Sanders será o primeiro adversário de Hillary na corrida presidencial

A única coisa que você precisa saber sobre Hillary Clinton

Em 72 horas de campanha, Hillary Clinton muda de opinião sobre o casamento gay

Mas a possível candidata já atraiu calorosas recepções em eventos em Iowa, onde está se posicionando como conservadora, pró-negócios e altamente crítica à pré-candidata democrata Hillary Clinton. Carly Fiorina foi forçada pela HP a pedir demissão em 2005, enquanto a companhia de tecnologia sofria para incorporar a empresa Compaq após uma fusão de 19 bilhões de dólares (quase 60 bilhões de reais).

Até o momento, pelo Partido Republicano, três pré-candidaturas já foram anunciadas: Ted Cruz, senador eleito pelo Texas; Rand Paul, senador pelo Kentucky; e Marco Rubio, senador pela Flórida. A expectativa é de que Jeb Bush, filho do ex-presidente George H. W. Bush e irmão do também ex-presidente George W. Bush, formalize em breve sua intenção de concorrer ao pleito. Ele é apontado como o favorito para desbancar Hillary na corrida presidencial. Pelo Partido Democrata, além de Hillary, o senador Bernie Sanders, do Estado de Vermont, também anunciou sua pré-candidatura.

Ben Carson – O neurocirurgião Ben Carson anunciou durante um discurso em Detroit que disputará a indicação republicana para as eleições. Adventista de 63 anos, Carson é reconhecido internacionalmente por ter sido o primeiro médico a separar gêmeos siameses que nasceram ligados pela cabeça. Em 2008, ele recebeu do então presidente, George W. Bush, a Medalha da Liberdade, a maior honra civil do país. Carson está aposentado desde 2013.

(Da redação)