Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vasco viaja para o Uruguai cheio de problemas

Rio de Janeiro, 10 abr (EFE).- O Vasco viaja nesta terça-feira para o Uruguai sem os experientes Juninho Pernambucano e Felipe, que desfalcarão o time no jogo desta quinta-feira contra o Nacional, em Montevidéu, pela última rodada do grupo 5 da Taça Libertadores.

Os dois jogadores foram excluídos da delegação por conta de problemas médicos, assim como o zagueiro Dedé, outro ídolo da torcida, que também está se recuperando de lesão.

O técnico Cristóvão Borges vai utilizar todos os jogadores que tem a disposição na partida, que vale a liderança da chave. Já classificado, o Vasco luta pela primeira colocação contra o Libertad, que na última rodada encara o Alianza, em Lima, também na quinta-feira.

Hoje o time carioca é o líder da chave no terceiro critério de desempate, o número de gols marcados fora de casa. Enquanto os brasileiros balançaram as redes três vezes como visitante, os paraguaios marcaram apenas dois gols. Nos outros dois itens de desempate, o saldo de gols e o número de vitórias, as equipes estão empatadas.

Nesta terça-feira o meia Felipe ficou de fora do treino realizado em São Januário, como já havia acontecido na véspera. O camisa 6 cruzmaltino sofre com uma tendinite no ombro direito.

Juninho Pernambucano, por sua vez, treinou nos últimos dias, depois de ser desfalque nas últimas duas partidas da equipe, após ter realizado uma cirurgia odontológica. Cristóvão Borges resolveu aumentar o seu tempo de recuperação e poupá-lo para o jogo contra o Nova Iguaçu, que vale vaga nas semifinais da Taça Rio.

‘Felipe não viaja por causa da lesão. Juninho porque ainda não está em forma e ainda precisaremos dele no domingo. Ele queria ir ao Uruguai, mas expliquei que era melhor preservá-lo para o Campeonato Carioca’, disse o técnico.

Cristóvão ainda revelou que se o Vasco tivesse vencido o Flamengo no sábado, e conquistado a classificação para as semifinais da Taça Rio por antecipação, Juninho estaria na delegação.

Além dos meias veteranos e de Dedé, outro que não irá para o Uruguai é Nílton. O volante cumprirá suspensão automática por ter sido expulso na partida contra o Alianza, em Lima.

Nesta terça-feira, quem deu um susto foi o goleiro Fernando Prass, que se queixou de dores no joelho durante o treino desta terça-feira, mas garantiu que vai para o jogo. ‘Venho enfrentando uma tendinite no tendão patelar, mas já sofri isso o ano passado. Provoca dor aguda, mas é possível suportá-la com tratamento’, explicou o goleiro.

Com tantos problemas, Cristóvão vai repetir a escalação com três volantes no Uruguai. O time que deve ir a campo com: Fernando Prass; Fágner, Renato Silva, Rodolfo e Thiago Feltri; Rómulo, Eduardo Costa, Fellipe Bastos e Diego Souza; Éder Luis e Alecsandro. EFE