Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sandro Silva reclama da indefinição sobre seu futuro no Inter

Em março, quando começou a conquistar a titularidade no Internacional, o volante Sandro Silva já comentava a respeito da vontade de permanecer no clube gaúcho e pediu aos dirigentes que iniciassem os contatos com o Málaga, da Espanha, clube que detém o seu passe. Agora, há 15 dias do fim do contrato de empréstimo com o Colorado, o jogador segue sem saber se permanece ou não Porto Alegre a partir de julho.

A falta de definição irrita Sandro Silva: ‘Fico realmente triste. Antes faltavam quatro meses, agora faltam 15 dias para acabar o meu empréstimo e eu não tenho a definição se vou ficar ou não no Inter. É impossível não pensar nessa situação. Infelizmente, as coisas não estão se encaminhando da maneira que eu gostaria’, afirmou o volante, em entrevista à ‘Rádio Gaúcha’.

O que mais chateia o jogador é a possibilidade de ter que retornar à Espanha. ‘Esta é a minha última opção. Já falei para o Málaga que não quero voltar, prefiro continuar no Brasil. Tenho que certeza de que, se fosse mesmo a vontade do Inter, a situação já estaria resolvida. Os próprios dirigentes do Málaga falaram que chegaram algumas propostas, mas nada do Inter. Como vou falar para os espanhois que quero ficar aqui se não tem proposta?’, questiona.

O Málaga estipulou o valor de Sandro Silva em 2,5 milhões de euros (cerca de 6,5 milhões de reais). A partir do momento em que as indefinições a respeito de sua permanência no Internacional começaram, em maio, o jogador foi cogitado pelo São Paulo. Rumores de que o Grêmio estaria interessado também surgiram a partir de uma revelação do diretor de futebol colorado, Fernandão. Tanto o Tricolor como o próprio Sandro Silva negam que o contato tenha havido.