Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Rapidinhas do Timão: Sheik tem foto do troféu da Libertadores no computador

Fixação – O atacante Emerson partilha da obsessão da torcida do Corinthians pelo título da Copa Libertadores da América. ‘Já conheço bem o troféu. No meu computador, tenho uma foto dele’, contou o Sheik, rindo. Antes mesmo do título do Campeonato Brasileiro do ano passado, ele mandou fazer um pingente com a imagem da taça da competição e o número três gravado, em referência ao seu tricampeonato nacional (também venceu por Flamengo, em 2009, e Fluminense, em 2010).

Conquista inédita – Embora o título da Libertadores seja novamente a maior ambição corintiana na temporada, Emerson valoriza também o Campeonato Paulista. ‘Quero jogar todas as partidas, inclusive as do Estadual. Seria legal levar o Paulistão porque é um título que ainda não tenho. Melhor ainda se eu ganhar jogando’, comentou.

Com tranquilidade – O técnico Tite sabe da pressão pela conquista da Libertadores, porém prefere aliviar o ambiente no Corinthians. ‘Vamos encarar como uma ambição, mas não como uma obrigação. Que seja uma coisa legal’, desejou, lembrando do seu título da Copa Sul-americana de 2008, pelo Internacional, como uma experiência positiva.Momentos distintos – Tite ficou pensativo ao recordar, nesta terça-feira, os problemas que o Corinthians enfrentou para se preparar para a pré-Libertadores do ano passado. Sua equipe acabou eliminada pelo modesto Tolima, da Colômbia. ‘Estávamos remontando o time na época. O Elias saiu, e a gente ficou sem aquele losango no meio-campo. Jogaram Jucilei, Paulinho e Ralf, formando um time muito marcador, atrasado. Não deu química’, lamentou. ‘Mas, agora, a nossa equipe já está taticamente montada e tem mais tempo de pré-temporada’, diferenciou.

Em vantagem – Ao analisar os reforços que ganhou para 2012, Tite colocou dois atacantes acima dos demais contratados. ‘Devemos entender que alguns atletas precisam de um tempo maior para dar uma resposta, para entender a dimensão do que é Corinthians. As exceções são Élton e Bill, um pouco mais rodados’, avaliou.

Na torcida – Presidente licenciado do Corinthians, Andrés Sanchez acompanhou ao lado de outros dirigentes o último jogo da equipe sub-18 do clube na primeira fase da Copa São Paulo de Juniores, contra o Juventus. Ele esteve em Jaguariúna na tarde desta terça-feira.