Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Presidente do Guarani é destituído em assembleia de sócios

O dirigente Leonel Martins de Oliveira foi destituído do cargo de presidente do Guarani em assembleia que durou até a madrugada desta terça-feira. Em reunião no salão social do Estádio Brinco de Ouro da Princesa, 130 associados votaram a favor da destituição de Leonel, enquanto 96 deles foram contra sua saída.

Com a decisão, o presidente do conselho deliberativo do Bugre, Antônio Sagula, assumirá a presidência do clube temporariamente até que uma nova eleição seja convocada, o que deve acontecer nos próximos dez dias. No pleito, os 120 componentes do órgão terão direito a voto.

Leonel Martins de Oliveira assumiu a presidência do Guarani em 2006 e, desde então, havia sido reeleito em quatro oportunidades. Neste ano, porém, a crise financeira atingiu o clube e a situação se tornou insustentável para o dirigente.

Assolado pelas dívidas com fornecedores e há quatro meses sem pagar salários de jogadores e demais funcionários, o Guarani vive uma debandada de jogadores. Até esta segunda-feira, Mika, Aislan, Chiquinho e Felipe Adão haviam rescindido seus contratos.

Dentro de campo o Guarani ainda não escapou do rebaixamento para a Série C do Campeonato Brasileiro e precisa de uma vitória simples na última rodada, no próximo sábado, contra o Goiás, para não depender de outros resultados.