Hackers russos vazam ‘doping autorizado’ de Rafael Nadal

O tenista teria usado as substâncias betametasona e corticotropina com autorização da Federação Internacional de Tênis e da Agência Mundial Anti-doping

O grupo de hackers russos Fancy Bears, que acusa as atletas americanas Simone Biles e Serena Williams de maquiar doping alegando uso terapêutico, vazou nesta segunda-feira em seu site oficial novos exames e dados relacionados aos laboratório da Agência Mundial Anti-doping (Wada). A nova vítima é o espanhol Rafael Nadal, que teve dois documentos de “isenção de uso terapêutico” (TUE, na sigla em inglês) divulgados: um de 2009 e outro de 2012.  De acordo com a autorização assinada pelo departamento médico da Federação Internacional de Tênis (ITF, na sigla em inglês), o tenista teria usado betametasona e corticotropina.

LEIA TAMBÉM:
Russa que expôs esquema de doping diz temer pela vida

TUE – Apesar da acusação por parte do Fancy Bears, os documentos vazados não indicam irregularidade, já que a própria Wada informa em seu regulamento que autoriza a utilização de determinadas substâncias proibidas em caso de necessidade, desde que os atletas obtenham uma autorização prévia por um médico da federação – a chamada “isenção de uso terapêutico”, (TUE, na sigla em inglês).

“Os atletas podem ter doenças ou condições que os obrigam a tomar medicamentos específicos. Se o medicamento necessário para tratar uma doença estiver na lista de substâncias proibidas, uma TUE pode dar a esse atleta a autorização para tomar o medicamento necessário”, diz a Wada em seu site oficial.

No caso de Simone Biles e das irmãs tenistas Serena e Venus Williams, a Agência Americana Antidoping (Usada, na sigla em inglês) declarou que não houve infração das atletas e que todas os pedidos de isenções para utilizarem os medicamentos foram previamente autorizados.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. As famosas MANOBRAS não existem apenas no Brasil.

    Curtir

  2. O que a Rússia mostrou com isso? Tumultuou fatos corriqueiros para dizer que são perseguidos e vítimas. Sintomático…

    Curtir