Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Exército britânico terá maior papel nos Jogos de Londres

Londres, 22 nov (EFE).- O Exército britânico terá um papel mais relevante do que era previsto até agora no dispositivo de segurança para os Jogos Olímpicos de Londres 2012, informaram os responsáveis da organização nesta terça-feira.

O diretor-executivo de Londres 2012, Paul Deighton, afirmou em um encontro com jornalistas que tanto os soldados militares como os voluntários colaborarão na segurança das Olimpíadas, cujo orçamento pode diminuir de 600 milhões de libras iniciais (690 milhões de euros) para 475 milhões (545 milhões de euros).

Deighton apontou que, no total, a segurança envolverá aproximadamente 20 mil pessoas, entre policiais, militares e voluntários, que trabalharão em diferentes turnos durante 60 ou 70 dias.

Durante os jogos e os dias prévios ao evento, entre 13 e 14 mil soldados estarão permanentemente divididos nas ruas de Londres e no resto dos pontos onde acontecerão as competições esportivas.

O dirigente detalhou que treinará um certo número de voluntários para realizar os controles de segurança na entrada dos estádios e nos demais recintos esportivos.

Esses voluntários ficarão nas máquinas de raios-X por onde os visitantes terão que passar seus pertences antes de entrar nas arquibancadas, e receberão treinamento para que possam agilizar as filas formadas na entrada dos locais esportivos.

‘Estarão muito bem preparados para essa função. Trata-se, em essência, de dar as boas-vindas aos espectadores dizendo: ‘bem-vindo ao Parque Olímpico, vamos registrá-lo, por isso será necessário que tire a sua jaqueta, e talvez seu cinto, para que o processo seja mais rápido’, explicou Deighton. EFE