Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Daniel Alves não se empolga com faixa de capitão

O lateral de 33 anos disse que a escolha de quem vai assumir a função não é tão importante para o sucesso da equipe

Cotado para ser capitão da seleção brasileira depois de Neymar abdicar do posto, o lateral Daniel Alves minimizou a importância de assumir a faixa. O jogador disse nesta segunda-feira, em Quito, às vésperas da partida contra o Equador pelas eliminatórias, que pela experiência está pronto para o cargo, mas que não considera fundamental a escolha do capitão para o sucesso de uma equipe.

“Estou pronto para as situações, mas meu comprometimento independe de ser capitão ou não. Há muitos que poderiam ser. Aqui na seleção temos mais que jogar futebol do que se importar com braçadeira. A responsabilidade é de todos”, disse o jogador da Juventus.

LEIA TAMBÉM:
Renato Augusto pensa em ser o novo capitão: ‘Seria uma honra’
Neymar desabafa após ouro: ‘Agora vão ter que me engolir’

O jogo contra o Equador, atual vice-líder do torneio classificatório, vai marcar a estreia do técnico Tite no comando da seleção brasileira. Ele chega pressionado para tentar colocar o Brasil na zona de classificação e montar uma equipe sólida. O Brasil está atualmente na sexta colocação, o que deixaria a equipe fora da Copa do Mundo de 2018, que será disputada na Rússia. As quatro melhores seleções avançam e o quinto colocado disputa vaga na repescagem.

(Com Reuters)