Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Corinthians passa a considerar segundo adiamento de clássico

O Corinthians reclamou na semana passada, por meio do técnico Tite, da cobrança de Muricy Ramalho para um novo adiamento do clássico entre Santos e Corinthians, remarcado para 10 de agosto. Passado o fim de semana, ele começou a mudar de ideia quanto a essa possibilidade.

A reclamação de Muricy era que o Santos ficaria sem suas principais peças, o meia Paulo Henrique Ganso e o atacante Neymar, caso ambos fossem convocados para amistoso da seleção brasileira diante da Alemanha. Agora o Corinthians igualmente entende que terá baixas importantes, pois perdeu alguns atletas por lesão e o volante Ralf também foi convocado.

‘Como nosso jogo foi o primeiro adiado, deveria ter sido o primeiro recuperado, por coerência. Mas em função de todos esses aspectos, pode ser interessante para nós ter um tempo maior de recuperação dos atletas. Só não sei se seria justo’, disse Tite, na tarde desta terça-feira.

Enquanto o Santos já entrou em contato com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) solicitando um novo adiamento, diretoria e comissão técnica do Corinthians se reunirão ainda na noite desta terça-feira para decidir qual será a posição a ser tomada a respeito do assunto.

O clássico entre Santos e Corinthians, válido pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro e que inicialmente seria em junho, continua marcado para 10 de agosto, na Vila Belmiro. Além de Ralf, convocado, a equipe da capital poderá ficar sem o goleiro Julio Cesar (luxação exposta no dedo mínimo da mão esquerda) e o atacante Liedson (artroscopia no menisco do joelho esquerdo).