Calor, cansaço e calendário viram explicação para apatia do Coxa

O Coritiba conquistou mais uma vitória no segundo turno do Campeonato Paranaense, desta vez por 2 a 1 diante do Corinthians Paranaense. Porém, novamente não convenceu o torcedor, com uma atuação apática. O zagueiro Pereira, autor do primeiro gol alviverde, acredita que a parte física da equipe está sendo castigada pelo excesso de partidas.

‘É uma sequência de jogos complexa. Agora teremos a primeira semana para trabalhar’, afirmou o defensor, que alfinetou que comando o futebol no Estado. ‘É um calendário maluco, que não respeita o atleta. Estamos buscando ainda uma formação para jogar, tem atletas chegando. É um grupo muito bom e tem tudo para evoluir durante a competição’, completou.

Já o meia Lincoln tentou usou o calor para justificar a má atuação, mas admitiu que o Coxa tem encontrado problemas. ‘Teve dificuldades, mas é assim, uma ou outra ganhamos com facilidade. Quando os gols aconteceram no inicio, facilitou. Hoje estava muito quente. Claro que não é desculpa, mas também encontramos uma equipe que joga para frente e tivemos que voltar bastante para recompor a marcação’, avaliou.

O lateral Eltinho afirmou que o importante ao final dos 90 minutos foi o resultado positivo, conquistado com muito suor dentro de campo. ‘Tem que estar preparado para o que der e vier. Tomamos o gol, mas o grupo está de parabéns pela vitória e pelos três pontos’, concluiu.