Restaurante Komka prepara as melhores carnes de Porto Alegre

Quando se trata de cortes assados na grelha, a casa cinquentona mantém a tradição à risca. Felizmente, a carta de cervejas e vinhos não parou no tempo

Certas coisas nunca mudaram desde a abertura desta churrascaria cinquentona. Ainda bem. O charme de outrora foi preservado no salão com paredes revestidas de azulejos de um tom azul-arroxeado, os mesmos desde a construção do imóvel. Muitos clássicos da cozinha também permanecem intocados, seguindo a fórmula dos fundadores, Theresinha e Eduardo Komka. À frente do negócio há dezessete anos, o filho do casal, Edésio Komka, o Deco, serve o xixo tradicional, um espeto que intercala nacos de alcatra, salsichão, lombo suíno, cebola e tomate (R$ 39,00). Versões da receita, como o xixo de picanha (R$ 58,00) e o de filé-mignon (R$ 58,00), foram incorporadas posteriormente ao menu. Além de oferecer os cortes na brasa (o entrecôte custa R$ 44,00), o cardápio sugere peças preparadas na chapa, caso do lombo suíno acebolado (R$ 46,00). As pedidas, em porções para duas pessoas, podem ganhar a companhia de salada de batata com maionese (R$ 12,00) e de polenta frita com queijo parmesão ralado (R$ 11,50). Foge à moda antiga a carta de bebidas. Entram na lista cinquenta cervejas, entre elas a porto-alegrense Abadessa Bavarian IPA (R$ 27,00, 500 mililitros), e 150 vinhos, como o chileno Ventisquero Classico Carmenère 2012 (R$ 58,00). No arremate, mantenha a tradição com pudim de leite ou laranja (R$ 9,00 cada um) e sagu no vinho tinto (R$ 10,80), com açúcar na medida.

Avenida Bahia, 1275, São Geraldo, (51) 3222-1881 (250 lugares). 11h30/14h30 e 19h/23h (fecha dom.). Aberto em 1967. $$

 

2º Lugar –  Parrilla Del Sur

Com dois amplos salões e espaço para crianças, a casa privilegia o estilo uruguaio. Coberto por molho de tomate, mussarela, azeitona e pimentão, o matambre serve até duas pessoas (R$  6,90). Sugestões alternativas, o entrecôte é temperado apenas com sal (R$ 29,90) e a tapa de cuadril, um corte da picanha, vem com 450 gramas (R$ 57,90). Para comemorar uma década de funcionamento, o restaurante põe em promoção uma carne a cada dia.

Rua Amélia Teles, 399, Petrópolis, (51) 3012-7878/9267 (400 lugares). 11h30/23h45 (seg. só jantar 18h30/23h45; dom. até 22h45). Aberto em 2007. $$

 

3º Lugar – Barranco

Sob a sombra das frondosas árvores do jardim, é possível provar o churrasco do restaurante sem pressa. No cardápio, chamam atenção cortes de gado da raça angus, como a picanha (R$ 72,00), a costela (R$ 60,00), o vacío (R$ 66,00) e o prime rib (R$ 74,00). Um carrinho circula pelo salão com salada (R$ 18,00), e porções de aipim frito podem ser solicitadas aos garçons (R$ 16,00).

Avenida Protásio Alves, 1578, Petrópolis, (51) 3331-6172 (650 lugares). 11h/2h (dom. até 1h). Aberto em 1969. $$