Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Manuscritos e desenhos de Lennon vão a leilão em NY

São 89 lotes, com valores entre 500 e 70 000 dólares

A maior coleção privada de objetos do cantor John Lennon, incluindo manuscritos e desenhos feitos pelo ex-beatle, será leiloada no dia 4 de junho em Nova York, anunciou nesta terça-feira a casa Sotheby’s. Com 89 lotes que variam entre 500 e 70 000 dólares, o leilão, intitulado You Might Well Ask, reúne amostras de habilidades artísticas menos conhecidas de Lennon.

Todos os objetos à venda provêm da coleção de Tom Maschler, editor que trabalhou com Lennon em dois de seus livros nos anos 60, In His Own Write e A Spaniard in the Works. O escritor se reuniu com o músico com o propósito de compilar desenhos satíricos, esboços, textos curtos e poemas e acabaria sendo presenteado com as relíquias após a publicação dos livros, como forma de agradecimento.

Leia também:

Casa da infância de John Lennon é leiloada por R$ 1,68 mi

Lennon: ‘Gravar último álbum dos Beatles foi inferno’

Um dos objetos de maior valor é um manuscrito de nove páginas escrito por Lennon em 1965, The Singularge Experience of Miss Anne Duffield, avaliado entre 40 000 e 60 000 dólares. Trata-se do desenho, feito pelo cantor na década de 1960, de um guitarrista com quatro olhos, que deve alcançar de 15 000 a 25 000 dólares.

A coleção já havia sido exibida em março deste ano nos Estados Unidos na cidade de Austin, no Texas, e em Londres. Os lotes estarão expostos em Nova York a partir desta quinta-feira e até o leilão no dia 4.

(Com Agência EFE)