Livro inédito de J.R.R. Tolkien é lançado após 100 anos

‘Beren and Lúthien’ conta a aventura de um casal formado por um homem mortal e uma elfa imortal

Um livro inédito do escritor J.R.R. Tolkien, de O Senhor dos Anéis, acaba de ser publicado, 100 anos após sua concepção pelo britânico. Segundo o site da BBC, Beren and Lúthien, lançado no Reino Unido nesta quinta-feira, foi escrito entre 1916 e 1917, quando Tolkien tinha acabado de voltar da Batalha do Somme, durante a I Guerra Mundial. A obra foi editada pelo filho do escritor, Christopher Tolkien, e contém algumas versões de uma história que acabou se tornando parte do livro O Silmarillion, publicado originalmente em 1977.

Em entrevista à BBC, o especialista na obra de Tolkien John Garth afirmou que o autor usou o escrito para “exorcizar” os horrores que tinha visto durante a guerra. “Ele havia perdido dois de seus melhores amigos na Batalha do Somme e você pode imaginar que ele estava acabado tanto por dentro quanto por fora”, disse.

O livro conta a história dos namorados Beren e Lúthien, um homem mortal e uma elfa imortal cujo relacionamento é desaprovado pelo pai da moça, o rei Thingol. Ele faz uma proposta a Beren para que ele possa se casar com Lúthien: roubar um silmalril, uma pedra sagrada dos elfos, do mais malvado ser da Terra Média, Melkor.

Na edição, Christopher Tolkien manteve a história original, como seu pai a concebeu, mas também mostrou como a narrativa mudou até chegar à forma como está contada em O Silmarillion.

O conto seria um elemento essencial na evolução da bibliografia do escritor, tanto que que o nome de seus personagens estão cravados nos túmulos dele e de sua mulher, Edith.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. José Carlos Lopes de Oliveira

    Com certeza será tão lindo quanto o “O Senhor dos Anéis”.

    Curtir

  2. Flavio Flimbows

    UM SilmaLril. Êta por_r@.

    Curtir

  3. Diógenes Rocha

    Uma “correção”…
    Lúthien foi escrita como sendo a representação da esposa do Tolkien na terra média…
    Ela era a própria Lúthien… E ele o mero mortal Beren.
    Por isso os nomes das personagens estão nas lápides, não por causa da importância literária…
    Essas informações que acabei de citar podem ser encontradas na vasta obra sobre a biografia e as inspirações ao trabalho de Tolkien.
    Boa leitura a todos… Mais um livro do grande mestre a ser lido.

    Curtir