Filme sobre a Fifa tem a pior bilheteria na história dos EUA

'United Passions’ arrecadou somente 918 dólares em dez cinemas nos EUA; distribuidora decidiu retirar o filme de exibição

Realizado ao custo de 30 milhões de dólares, o filme United Passion retrata a história da Fifa do ponto de vista da instituição – foi ela, aliás, que patrocinou boa parte dos custos. Dirigido pelo francês Frederic Auburtin e com o ator Tim Roth (Pulp Fiction: Tempo de Violência), o longa teve a pior bilheteria da história dos Estados Unidos ao arrecadar somente 918 dólares em dez cinemas do país. Com isso, a distribuidora decidiu retirar o longa de cartaz, segundo o site The Hollywood Reporter.

LEIA TAMBÉM:

Após escândalo, filme da Fifa fracassa em bilheteria nos EUA

Sob a sombra de escândalo, Fifa realiza eleição

Empresários argentinos envolvidos no caso Fifa se entregam à polícia

Com um roteiro que parece massagear o ego dos executivos da federação, o longa foi lançado justamente no momento em que explodiu o escândalo que acusa diversos diretores do grupo de corrupção.

O diretor Auburtin admitiu ao site americano que o filme foi um “desastre”. Já Roth disse ao jornal alemão Die Welt que participou da produção para “sair de um problema financeiro”. Outro que tentou se esquivar da culpa foi Thierry Fremaux, presidente do Festival de Cannes, que justificou a exibição do longa no evnto ao dizer que Gérard Depardieu, que faz parte do elenco, “foi muito insistente para que o exibíssemos”.