Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

BeerDock tem a melhor carta de cervejas de Recife

No embalo do crescente mercado de cervejas artesanais de Pernambuco, a casa inaugurou, em maio, a sua segunda unidade na capital

De 2015 para cá, Pernambuco viu nascer quase dez cervejarias artesanais. A número 1 foi a Debron, de Jaboatão dos Guararapes, seguida pela Capunga, do Recife, e pela Duvália, de Olinda. No mesmo ano, a capital do estado viu surgir um bar em harmonia com essa revolução cervejeira, o BeerDock, em Madalena. Com quinze torneiras de chope e uma carta de cervejas em que são elencados cerca de 300 rótulos, o estabelecimento ganhou uma filial, em maio deste ano, com os mesmos predicados. E com direito a fábrica própria, na qual deverão ser produzidos até 2 800 litros de chope por mês, em parceria com cervejarias diversas — o funcionamento aguarda a liberação dos órgãos competentes, o que deve ocorrer até o fim do ano. Nas torneiras, um dos chopes que costumam ser engatados com frequência é o american pale ale da Ekäut (R$ 18,90 o pint), também de Pernambuco. Dividida por estilos, a carta de cervejas lista preciosidades como a nacional Blondine Jackpot Helles (R$ 24,45, 500 mililitros) e a IPA americana Anchor Odeprot (R$ 84,45, 600 mililitros). Da seção de comes, fazem sucesso o joelho de porco (R$ 104,90, para até três pessoas) e hambúrgueres como o the flying pig, feito com carne suína, shiitake, cebola no shoyu, agrião e maionese de wassabi (R$ 25,90).

Rua Maria Carolina, 273, Boa Viagem, 3204-4866 (110 lugares). 17h/0h (sex. 17h/1h; sáb. 13h/1h; dom. 16h/22h; fecha seg.); Rua Desembargador Luiz Salazar, 98, Madalena, 3236-2423 (80 lugares). 17h/0h (sex. 17h/1h; sáb. 13h/1h; dom. 16h/22h; fecha seg.). Aberto em 2015.

2º Lugar – Apolo Beer

Cafe Especialistas em cerveja e café, Raphael Vasconcelos, Leonardo Régis e Ricardo Barreto compuseram a carta com uma seleção de 100 rótulos de cerveja, como Perro Libre IPA (R$ 29,90, 500 mililitros) e MoocaBier Guarani (R$ 24,90, 600 mililitros). O cliente também encontra seis torneiras de chope, em geral pernambucano. É o caso do weizen da DeBron (R$ 10,00). Para petiscar, há porção com seis pastéis de mussarela, tomate e manjericão por R$ 14,90. A curadoria dos proprietários se estende às torras de café — o expresso longo custa R$ 4,90.

Rua do Apolo, 164, Bairro do Recife, 3088-8091. (38 lugares). 12h/20h (qui. até 22h; sex. até 0h; sáb. 18h/0h; fecha dom.). Soul Food Park, Rua Nestor Silva 162, Casa Forte. 18h/23h (sex. e sáb. até 0h; dom. 17h/23h; fecha seg. e ter.). Aberto em 2015.

 

3º Lugar – CiBrew

Inaugurada em 2014 como loja de insumos para cervejeiros caseiros, a casa não demorou a evoluir para bar. Restritas a chopes de fabricação própria, as dez torneiras jorram bebidas como a saison, que leva casca de laranja e sementes de coentro em sua receita, e a IPA Cascade, de aroma bem frutado (R$ 8,00 cada uma no copo de 300 mililitros). Também dá para envasar os chopes no growler, por R$ 16,00 o litro. Não há cozinha própria, mas estacionam na porta food trucks e bikes que vendem petiscos e sanduíches.

Avenida Norte Miguel Arraes de Alencar, 2832, Encruzilhada, 3127-0932 (60 lugares). 8h/17h (sex. até 1h; sáb. até 13h; fecha dom.). Aberto em 2014.