Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Chefe da Polícia Civil do RJ entrega o cargo

Pedido de demissão veio um dia depois de o secretário de Segurança Pública, José Mariano Beltrame, deixar a pasta

O chefe da Polícia Civil do Rio de Janeiro, Fernando Veloso, afirmou nesta quarta-feira que vai entregar o cargo. O pedido de demissão veio um dia depois de o secretário de Segurança Pública do Estado, José Mariano Beltrame, deixar a pasta.

Convidado por Beltrame para assumir o posto, Veloso disse que vai entregar a carta de demissão até sexta-feira – último dia de Beltrame no cargo.

Leia também:
Em crise, governo do Rio irá cortar pelo menos oito secretarias

Em entrevista ao telejornal Bom Dia Rio, da TV Globo, Veloso afirmou que já tinha pedido para deixar o cargo desde o ano passado, mas se comprometeu a ficar até a Olimpíada. “A gestão da Polícia Civil é muito complexa, exige muita entrega, muita abdicação e isso deve ser feito por um período. Acho que a minha missão foi cumprida. Preciso me entregar à minha família”, disse.

Veloso também fez uma série de críticas à escassez de recursos. “Quanto menos recursos a polícia tiver, menor será sua capacidade de atuação. Hoje, a dificuldade é grande. O trabalho da Polícia Civil é um trabalho velado. Quando a Polícia Civil não tem recursos, isso impacta na atividade de toda a Segurança Pública”, afirmou ao telejornal.

O agora ex-chefe da Polícia Civil disse que deixou o cargo “à disposição” e que ainda não sabe quem vai assumir o posto em seu lugar.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Nelson Marchetto

    (Em crise, governo do Rio irá cortar pelo menos oito secretarias) Estão vendo? Isso deveria acontecer também no governo federal, cortar ministérios, secretarias e extinguir cargos de “confiança”!!!

    Curtir

  2. Antonio Carlos Peludo

    certísimo deixar o novo secretário nomear quem de sua confiança .isso sim é exemplo a ser seguido.Parabens Senhor Chefe de policia

    Curtir