Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

PSDB quer que Lula explique na Câmara seu envolvimento com ex-chefe de gabinete, “sua mulher” em SP

Leiam o que informa Erich Decat, na Folha Online: Integrantes do PSDB na Câmara anunciaram nesta segunda-feira (26) que vão apresentar um requerimento na Comissão de Fiscalização e Controle para que o ex-presidente Lula fale sobre o envolvimento com a ex-chefe do gabinete da Presidência da República em São Paulo, Rosemary Novoa Noronha. Rose, como […]

Leiam o que informa Erich Decat, na Folha Online:
Integrantes do PSDB na Câmara anunciaram nesta segunda-feira (26) que vão apresentar um requerimento na Comissão de Fiscalização e Controle para que o ex-presidente Lula fale sobre o envolvimento com a ex-chefe do gabinete da Presidência da República em São Paulo, Rosemary Novoa Noronha. Rose, como é conhecida, foi demitida neste sábado (24), um dia após a Polícia Federal deflagrar a Operação Porto Seguro. Ela faria parte de uma organização criminosa que se infiltrou em diversos órgãos federais para fraudar pareceres técnicos.

Rose teria exigido vantagens financeiras em troca de ajudar o esquema dentro do governo. Segundo reportagem do jornal Metro, do grupo Bandeirantes, a PF gravou 122 conversas entre Lula e a ex-funcionária ocorridas nos últimos dezenove meses. A ideia inicial da oposição é apresentar um requerimento de convite, ou seja, mesmo se aprovado no colegiado, Lula não teria a obrigação de comparecer.

O documento, segundo o deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP), deve ser concluído nas próximas horas e apresentado amanhã (26) na comissão que é presidida pelo PMDB. “Ele [Lula] é citado nas investigações indiretamente. Vamos querer saber quais a razão dos contatos de Lula com Rosemary”, disse Sampaio. Além de Lula, a oposição quer ouvir o AGU (Advogado Geral da União) Luís Inácio Adams, o ministro José Eduardo Cardozo (Justiça) e os irmãos Paulo e Rubens Vieira.

Os dois irmãos, suspeitos de participarem do esquema desarticulado pela PF, ocupavam, respectivamente, a diretoria da ANA (Agência Nacional de águas) e da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil). Por determinação do Palácio do Planalto, os dois foram afastados.
(…)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s