Blogs e Colunistas

25/10/2014

às 2:07 \ Cultura, Eleições

Perdeu o debate? A Dilma também! Veja o vídeo completo

Meus comentários em tempo real sobre o debate da Globo estão no post anterior e decerto voltarei ao assunto neste sábado. Mas para quem perdeu, como a Dilma, o programa ao vivo, segue o vídeo completo.

E ficam, mais uma vez, as perguntas:

Captura de Tela 2014-10-25 às 01.50.18Felipe Moura Brasil ⎯ http://www.veja.com/felipemourabrasil

Siga no Facebook e no Twitter. Curta e acompanhe também a nova Fan Page.

25/10/2014

às 0:13 \ Cultura, Eleições

Debate da Globo em resumo: “Vamos às urnas sem saber o que Dilma acha do mensalão”

Aécio Dilma

Com o Facebook travado por algum motivo, comentei só no Twitter o debate da Globo. Seguem algumas tuitadas. Ainda voltarei ao assunto com mais calma.

1) FHC reduziu inflação de 916% a 7,5%. Dilma mentiu descaradamente, dizendo que ele entregou inflação maior que recebeu.

2) Veja a verdade sobre a inflação (agora em média anual). Dilma mente descaradamente.

inflação

Veja a verdade sobre o crescimento:

Crescimento FHC Dilma

3) Aécio: “Seu governo é o das estatísticas desde que elas lhes sejam favoráveis.” Senão, Dilma esconde. Veja AQUI.

4) Mas afinal: Dilma fez escola técnica em Cuba também? Ou só porto com o nosso dinheiro?

5) Dilma, agora, tem propostas para combater a corrupção? Mas por que houve tanta corrupção no seu governo?

6) Aécio detonou: para acabar com a corrupção, “vamos tirar o PT do governo”. É mesmo a melhor solução.

7) Dilma: “Nunca compactuei com corrupto.” Mensaleiros presos; tesoureiro no cargo após Petrolão; delator: ela sabia de tudo.

Banner Itaipu

8) Dilma não consegue completar uma frase. Não vai alegar queda de pressão?

9) Aécio: “Aparelhamento da máquina pública é a face mais perversa do seu governo e do governo anterior.”

10) Aécio: “A ausência de planejamento é a marca do seu governo.” Obras do S. Francisco eram para 2010.

11) Dilma não respondeu sobre José Dirceu. E antes quis posar de “não compactuo com corrupto”. COMPACTUOU!

12) Medidas de Dilma para combater corrupção: impediu Vaccari (Petrolão) de depor e tentou censurar a VEJA.

13) Aécio: “Vamos às urnas sem saber o que Dilma acha do mensalão.” E quem cala consente… com a corrupção.

14) Aécio detonou Dilma: “O principal acusado do mensalão mineiro é o coordenador da sua campanha em MG, Valfrido Mario Dias.”

15) Dilma deixa fronteiras do Brasil abertas para armas e drogas, e o resultado são 60 mil homicídios por ano.

16) Grande momento em que a eleitora indecisa corrigiu o português da presidente.

Felipe Moura Brasil ⎯ http://www.veja.com/felipemourabrasil

Siga no Facebook e no Twitter. Curta e acompanhe também a nova Fan Page.

24/10/2014

às 19:50 \ Brasil, Cinema, Comportamento, Cultura, Eleições, Humor

Vídeo: “Questão de honra” para Aécio na Globo. Quero ver fazer Dilma confessar que sabia de tudo!

Captura de Tela 2014-10-24 às 19.24.08

É óbvio que Aécio Neves (PSDB) também tem de apresentar propostas no debate na Globo, mas, mesmo isso, ele tem de fazer sempre detonando as falhas, omissões e roubalheiras do governo Dilma Rousseff (PT). Misturar propostas com ataques certeiros para desmascarar a adversária é a difícil arte que lhe cabe esta noite, bem diferente do “debate propositivo” que pregam os melindrosos e militantes. É questão de honra, amigo.

Quem não se lembra do filme de Rob Reiner, com Tom Cruise e Jack Nicholson? Daniel Kaffee (Cruise), um jovem e inexperiente advogado da Marinha dos EUA, é encarregado de defender, perante a Corte Marcial, dois fuzileiros acusados de serem os responsáveis pelo homicídio de um soldado americano, na Base Naval de Guantánamo. Recusando-se a fazer um acordo com a Promotoria, Kaffee, com a ajuda da capitã Joanne Galloway (Demi Moore), busca descobrir os verdadeiros culpados pelo crime. A suspeita de que o coronel Nathan R. Jessep (Nicholson) dera uma ordem aos fuzileiros para aplicar uma punição extra-oficial (o “código vermelho”) ao soldado por não ter se comportado corretamente leva Kaffee a pressionar Jessep no tribunal, naquela que se tornou uma cena clássica do cinema contemporâneo.

Eu sei, eu sei. Um debate não é um tribunal. Mas já imaginou se Aécio conseguisse fazer Dilma confessar em rede nacional, a dois dias das eleições, que sabia de toda a roubalheira na Petrobras? Ah, como seria lindo! Eu quero Aécio Kaffee contra Dilma Jessep!

VEJA TAMBÉM MEU ARTIGO: Campanha contra “agressividade” é marketing petista. Aécio tem de ser na Globo o Aécio do SBT.

Felipe Moura Brasil ⎯ http://www.veja.com/felipemourabrasil

Siga no Facebook e no Twitter. Curta e acompanhe também a nova Fan Page.

24/10/2014

às 17:10 \ Cultura, Eleições

Ô Dilma, quem tem “dois pesos e duas medidas” mesmo?

Pedro Collor1) VEJA publica Pedro Collor. PT celebra VEJA. Delator cita Sergio Guerra. PT celebra delator. Delator e VEJA citam Lula e Dilma. PT censura.

2) Aécio disse: todos têm de ser investigados. Dilma o acusou de “2 pesos e 2 medidas” e prometeu investigar “tudo e todos”. E por que não ela?

3) Vi o vídeo de Dilma atacando a VEJA. Ela também dizia antes que o Petrolão era “golpe da oposição“. Quando cai a ‘bomba’, ela sempre mente.

4) Dilma: “Sou uma defensora intransigente da liberdade de imprensa, mas…” E ataca a VEJA. Ou é intransigente, ou diz “mas”. Os dois, não dá.

5) Advogado de Youssef: “Nunca desmenti a reportagem de VEJA.” Só a de revistas e blogs sujos do PT.

6) Advogado de Youssef: “Eu não posso desmentir um fato sobre o qual não posso me manifestar.” Tentem de novo, MAVs!

7) João Santana deve estar ensaiando Dilma: “A senhora sabia de tudo, candidata!” Ela: “Ninguém está acima da corrupção!” João: “Para. Volta.”

8) ISTOÉ/Sensus: Aécio lidera com 9 pontos de vantagem sobre Dilma: 54,6% a 45,4%. Quem tem bom sensus não se guia por ibope.

9) DataFMB informa: Sensus e Veritás abrem 18 pontos sobre Ibope e Datafolha. DataImpeachment: Dilma lidera com folga.

10) Se escrevo sonetos, a prosa logo me sai em decassílabos. Se escrevo tuítes, fico viciado em até 140 caracteres. Vou ali tomar um remedinho.

Felipe Moura Brasil ⎯ http://www.veja.com/felipemourabrasil

Siga no Facebook e no Twitter. Curta e acompanhe também a nova Fan Page.

24/10/2014

às 13:48 \ Cultura, Eleições

Eles conhecem o PT. Pularam fora – e se juntaram ao timaço de Aécio Neves contra Dilma Rousseff

foto(100)

Marina Silva é Aécio. Eduardo Jorge é Aécio. Irmã de Lula, Lindinalva Silva, é Aécio. Vice de Tarso Genro (PT), Beto Grill, é Aécio. Fundadora do PT, Sandra Starling, é Aécio. Sem contar Vitório Júnior, vereador do PT mineiro, que também é Aécio.

Eles conhecem o PT. Pularam fora.

E se juntaram a esse timaço:

Time Aécio

Zico, Cláudio Adão, Aécio Neves, Bebeto, Romário, Neymar e Ronaldo

Felipe Moura Brasil ⎯ http://www.veja.com/felipemourabrasil

Siga no Facebook e no Twitter. Curta e acompanhe também a nova Fan Page.

24/10/2014

às 4:22 \ Cultura, Eleições

#VEJAoDesesperoDoPT

VEJA Dilma sabia de tudo

O doleiro afirma em depoimento que o ex e a atual presidente da República não só conheciam como também usavam o esquema de corrupção da Petrobras

Tuitadas de aquecimento:

1) Youssef dá depoimento à Polícia; VEJA descobre e publica; MAVs [militantes da Mobilização em Ambientes Virtuais, do PT] acham que é a VEJA acusando o PT de alguma coisa. Quanto amor pela revista!

2) Dilma chamava Petrolão de “golpe da oposição“. Depois admitiu “desvios”. Militância do PT chama matéria da VEJA de desespero. Prevê o resto?

3) Presidente do PT pede a ministro do STF apuração sobre suposto acesso do PSDB à delação do ex-diretor da Petrobras. E o desespero é da VEJA?

4) Está lançada a hashtag ‪#‎VEJAoDesesperoDoPT‬. Sempre a maior diversão. Participe no Twitter.

5) Rovai, militante do PT segundo o presidente do partido, diz que “capa da VEJA foi produzida na sede da Rede Globo”. Só faltou acusar a CIA.

6) Petistas deram a blog sujo nome de ‘revista’ para enganar melhor os otários. Quem cai em ‘forum’ do PT tem de ser muito.

7) Se os ladrões comuns pegarem o hábito do PT, quando a Polícia gritar “Parado!” eles vão responder: “É golpe!”

8) Advogado de doleiro diz: “não nego nem confirmo se esse depoimento é verdadeiro”; e MAVs dizem que VEJA foi desmentida.

9) MAVs tentam disfarçar o desespero com “KKKKKKKKKKKKKKK(…)”. Um K para cada bilhão roubado na Petrobras.

10) João Santana deve estar treinando Dilma: “A senhora sabia de tudo e nada fez!” Ela responde: “Eu mandei me investigar!” João: “Para. Volta.”

11) Lula dormiu esta noite na “penthouse” do Copacabana Palace, de R$ 7 mil a diária. Reclame e ele dirá que a elite não aceita pobre ter luxo.

Lula suíte

Meme das redes

12) Governo Dilma ESCONDE dados sobre miseráveis; português/matemática; tributos; desmatamento. São tão ruins que só virão após eleição? Siiiim!

13) Zico, Neymar, Romário, Bebeto e Ronaldo apoiam Aécio Neves. Não duvido nada que os petistas furem a bola.

14) Ibope: Dilma 49%, Aécio 41%. Em votos válidos: Dilma 54%, Aécio 46%. A margem de erro vocês já sabem. Aécio pode estar vencendo de goleada.

15) DataDilma deu 53% para Dilma e 47% para Aécio. Como diria Aécio: ‘Pelo que vimos do primeiro turno, estou eleito.’

16) Os trackings do PSDB estão dando Aécio na frente de Dilma. Nos bastidores, acredita-se fortemente em manipulação das pesquisas.

17) Crime eleitoral ‘perfeito’ é a manipulação de pesquisas bater com a manipulação de urnas. Mas nada seria mais estranho que pesquisas certas.

18) Em debate entre Crivella e Pezão, nada mais natural que toque o alarme do estúdio. Nesta sexta, em homenagem a Dilma, podia tocar a sirene também.

Pedro Simon

Felipe Moura Brasil ⎯ http://www.veja.com/felipemourabrasil

Siga no Facebook e no Twitter. Curta e acompanhe também a nova Fan Page.

23/10/2014

às 20:57 \ Cultura, Eleições, Time da VEJA

CAPA-BOMBA DA VEJA! Dilma e Lula sabiam de tudo!

A verdade chega em boa hora:

capa-2397-size-575

Diz a matéria:

“…Perguntado sobre o nível de comprometimento de autoridades no esquema de corrupção na Petrobras, o doleiro foi taxativo:

— O Planalto sabia de tudo!

— Mas quem no Planalto?, perguntou o delegado.

— Lula e Dilma, respondeu o doleiro.”

Conheça, nesta edição de VEJA, os detalhes do depoimento que Alberto Youssef prestou às autoridades.

E se essas autoridades não agirem até domingo, se o impeachment não sair a tempo, a população brasileira precisa se dar conta da dimensão dessa bomba para ao menos despachar essa gente pelo voto.

Que Aécio Neves (PSDB) faça bom uso dela. O Brasil não pode mais ficar à mercê de tanta roubalheira, de tanto cinismo, de tanta vigarice.

E a propósito: vocês lembram daquela denúncia de envolvimento do já falecido tucano Sérgio Guerra, que Dilma usou em debate para tentar igualar o PT ao PSDB? Veja só:

Captura de Tela 2014-10-23 às 00.17.46

Preparem-se, porque o país vai tremer nos próximos dias.

Felipe Moura Brasil ⎯ http://www.veja.com/felipemourabrasil

Siga no Facebook e no Twitter. Curta e acompanhe também a nova Fan Page.

23/10/2014

às 20:27 \ Cultura, Eleições

Vídeo flagra vigarice petista! Jornais apócrifos atacam Aécio no Rio de Janeiro

“A candidata oficial já é uma derrotada independentemente do resultado eleitoral, pela campanha que se permitiu fazer.”

A frase dita nesta quarta-feira por Aécio Neves (PSDB) em entrevista no comitê de campanha do Rio de Janeiro é de uma verdade profunda que se comprova diariamente. O estoque de vigarices da campanha de Dilma Rousseff (PT) parece não ter fim.

Como se não bastassem as mentiras na TV e na internet, e o terrorismo eleitoral em relação ao Bolsa-Família, agora temos o flagrante da distribuição de jornais apócrifos em Ipanema, com a manchete “Aécio é contra o Rio”. O panfleto, como havia antecipado Lauro Jardim aqui na Veja.com, chama o tucano de “inimigo do povo”.

Assista a mais este vídeo do vale-tudo da presidente em busca de votos.

(* Se não estiver vendo o vídeo, espere um pouco que ele carrega e aparece.)

Felipe Moura Brasil ⎯ http://www.veja.com/felipemourabrasil

Siga no Facebook e no Twitter. Curta e acompanhe também a nova Fan Page.

23/10/2014

às 19:37 \ Comportamento, Cultura, Eleições

Campanha contra “agressividade” é marketing petista. Aécio tem de ser na Globo o Aécio do SBT

eleicoes-aecio-neves-bh-belo-horizonte-20141022-53-size-598Se o Hamas ataca Israel, não há notícia. Se Israel reage, a notícia é a sua agressividade. Se as Farc atacam a Colômbia, não há notícia. Se a Colômbia reage, a notícia é a sua agressividade. Se Dilma Rousseff ataca Aécio Neves, não há notícia. Se Aécio reage, a notícia é a sua agressividade.

Onde houver um conflito físico ou verbal, bélico ou político, envolvendo forças antagônicas que subentendem posições ideológicas distintas, haverá noticiários falsificados pela inversão revolucionária do sujeito e do objeto da agressão. A inversão pode aparecer explícita ou camuflada na condenação genérica à “agressividade” da disputa. De uma forma ou de outra, cresce então uma campanha contra a agressividade da vítima, feita intencionalmente para evitar que ela reaja com a firmeza necessária aos ataques daqueles que jamais sucumbirão a apelos semelhantes – e que ainda se farão de vítimas eles próprios. Assim se faz a pressão midiática pelo suicídio real ou político de um país, um grupo ou alguém que a mídia militante despreza.

A bola da vez é Aécio. Para conter os contra-ataques que levaram Dilma a nocaute no debate do SBT, há uma campanha em curso desde o fim daquele debate. Como resumi na ocasião:

Captura de Tela 2014-10-23 às 19.05.24

Captura de Tela 2014-10-23 às 19.05.33

Analistas “isentos” posam de defensores de “debates propositivos” em detrimento da “pancadaria”, repórteres entrevistam personalidades (ou bispos da CNBB) que obviamente dizem o mesmo e institutos de pesquisas questionam os eleitores sobre qual das duas posturas preferem, para então divulgar que a maioria deseja propostas e concluir grosseiramente que “quem bate perde votos”. Minha tese: tudo mentira. Não há opinião e pesquisa de opinião mais furadas do que essa.

Transcrevo um trecho do best-seller mundial, publicado no Brasil pela editora Agir, ‘O Livro Politicamente Incorreto da Esquerda e do Socialismo’, escrito pelo professor Kevin D. Williamson, do King’s College, de Nova York:

(…) Muitas vezes as pessoas mentem em pesquisas de opinião, fornecendo informações que transmitem o que consideram qualidades desejáveis sobre si mesmas. Por exemplo: assustadas pelo declínio de leitores, as editoras de jornais frequentemente pedem a opinião dos americanos sobre o que desejam de um jornal. Geralmente, as respostas são:
 
1. Mais notícias internacionais.
2. Mais reportagens investigativas.
3. Mais notícias culturais.
 
Na verdade, as seções mais lidas da maioria dos jornais são:
 
1. Os obituários.
2. Os resultados esportivos.
3. As cartas do editor.
 
Em outras palavras, as preferências declaradas pelos leitores apresentam certa discrepância em relação a suas preferências averiguadas. Dizemos que queremos assistir aos programas culturais da PBS, quando na realidade assistimos a American Idol.
 
Outro elemento complicador é que os consumidores não sabem quais serão seus desejos e necessidades futuros. (…)

Pois é. Entre o que se declara e o que se averigua, vai uma distância enorme, de modo que muita gente mesmo intelectualizada embarca na onda melindrosa dos militantes e prega em público um debate propositivo, mas, na prática, prefere mesmo é a “pancadaria”.

Em entrevista à Rádio Jornal na quarta-feira, Aécio disse: “Eu não levo desaforo para casa. Se alguém mente, eu tenho que responder.” Espero mesmo que, em vez de cadenciar, como fez na Record, ele responda na Globo às mentiras de Dilma durante toda a campanha da mesma forma como respondeu no SBT, atacando a presidente com a verdade.

Como escreveu Olavo de Carvalho (e como sempre pregou este blog): “Não é possível vencer um farsante sem desmascará-lo, sem desconcertá-lo e humilhá-lo publicamente. Se em vez disso o concorrente se empenha em preservar a imagem do desgraçado e fingir um ‘debate de alto nível’, então o trapaceiro está com a corda toda e nada pode detê-lo.”

Que Aécio não sucumba aos apelos da militância. A “pancadaria” no debate elevará a audiência e a qualidade da atenção do público. A vitória na “pancadaria” é o que lhe renderá mais votos.

Felipe Moura Brasil ⎯ http://www.veja.com/felipemourabrasil

Siga no Facebook e no Twitter. Curta e acompanhe também a nova Fan Page.

* Veja também:
Vídeo: Conselheiro do TCE-MG desmente Dilma
Vídeo: Aécio e Marina falam das mentiras da campanha de Dilma
Vídeo: Aécio desfaz 4 mentiras de Dilma de uma só vez
Debate do SBT: Como Aécio levou Dilma a nocaute. Veja análise, vídeos e “zuera”

23/10/2014

às 15:19 \ Cultura, Eleições

Ministra indefere pedido de advogados para suspender participação de Dilma nas eleições

[* ATUALIZAÇÃO: Mudei o post original, porque os advogados que haviam me passado a informação observaram que apenas o mandado de segurança foi negado e o pedido de impeachment, muito embora vinculado, ainda será analisado.]

jose-dirceu-se-emociona-ao-cumprimentar-o-lider-cubano-fidel-castro-durante-encontro-em-havana-cuba-em-2003-1349314667168_956x500

O mensaleiro condenado José Dirceu se emociona em encontro com o ditador cubano Fidel Castro, em Havana. Parceiros no Foro de São Paulo.

A relação do governo de Dilma Rousseff (PT) com o Foro de São Paulo, entidade criada pelo ex-presidente Lula em parceria com o ditador cubano Fidel Castro e cuja história resumi com vídeos neste blog, está ausente dos debates presidenciais das eleições deste ano. O máximo que o candidato Aécio Neves (PSDB) fez foi citar, na Record, a amizade do governo petista com outras ditaduras, quando Dilma se comportou como uma ditadora de fato, dizendo que mandou a Polícia Federal investigar o Petrolão.

Dois advogados independentes, no entanto, munidos de documentos probantes, protocolaram na terça-feira mandado de segurança contra a participação da presidente no segundo turno, e mais duas ações: um pedido de impeachment de Dilma e outro de fechamento do PT, alegando subordinação do governo ao Foro – aparentemente uma entidade estrangeira -, o que é proibido por lei. Luís Carlos Crema também entrou com um mandado de segurança no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na tentativa de suspender a participação da presidente-candidata no segundo turno das eleições, no próximo dia 26. Este pedido relativo ao mandado de segurança foi indeferido pela ministra do TSE, Luciana Lóssio, assessora de Dilma na campanha de 2010 e indicada à corte pela própria presidente. Os advogados ainda não foram intimados, de modo que o caso não está arquivado, e de qualquer modo eles disseram que irão recorrer.

A ministra rejeitou liminarmente o pedido sem adentrar no mérito da questão, não se manifestando propriamente à subordinação nem muito menos ao poder do Foro, de modo que sua decisão em nada muda os fatos sobre a entidade cuja criação, de acordo com as próprias confissões de Lula e do mensaleiro condenado José Dirceu, foi fundamental para que a esquerda chegasse ao poder na maioria dos países do continente e nunca é demais lembrar que o grupo terrorista Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (as Farc) esteve representado em encontro da entidade ao menos por Raúl Reyes, em 1995, segundo confissão do ditador venezuelano Hugo Chávez, também presente.

O 20º encontro da entidade ocorreu em agosto deste ano, em La Paz, na Bolívia, e começou com um pedido de apoio nas urnas para a presidente Dilma.

ImpeachmentSegue a fundamentação dos advogados Luís Carlos Crema e Caroline Rodrigues de Toni:

PEDIDO DE IMPEACHMENT DA PRESIDENTA DILMA E FECHAMENTO DO PARTIDO DOS TRABALHADORES (PT)
(DOCUMENTOS PROBANTES NOS LINKS ABAIXO)

http://www.moralidadebrasil.com.br/
http://www.moralidadebrasil.com.br/arquivos/docs/fechamento_do_PT_Denuncia_ao_TSE.pdf
http://www.moralidadebrasil.com.br/arquivos/docs/afastamento_da_presidenta_Dilma_mandado_de_seguranca.pdf
http://www.moralidadebrasil.com.br/arquivos/docs/Impeachment_da_presidenta_Dilma.pdf

Nesta terça-feira, 21 de outubro, foi protocolado junto à Câmara dos Deputados Federais, no Distrito Federal, o pedido de impeachment da presidenta Dilma Rousseff, bem assim duas outras ações junto ao Tribunal Superior Eleitoral, uma, requerendo o fechamento do Partido dos Trabalhadores (PT) e, outra, o afastamento da candidata do PT à presidência da República, Dilma Rousseff, das Eleições de 2014.

As denúncias fundam-se no fato da presidenta da República subordinar e submeter a sua administração, diga-se, a da República Federativa do Brasil, a interesses de entidade e governos estrangeiros, notadamente, à entidade denominada Foro de São Paulo e aos governos de países ditos “revolucionários” da América Latina.

O Foro de São Paulo é uma entidade fundada pelo Partido dos Trabalhadores (PT) em 1990 com objetivos de definir estratégias e diretrizes para os “companheiros” e partidos políticos revolucionários tomar o poder nos países da América Latina e, passo contínuo, fixar políticas e ações para se manterem e se perpetuarem no poder, mediante atuações diretas nas administrações e políticas internas dos países, a exemplo do Brasil, Venezuela, Bolívia, Equador e Cuba.

É de ser destacar que no Foro de São Paulo, entidade com gestão estratégica direta do PT, houve participação das FARC – Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia, organização guerrilheira e tida, por alguns países, como terrorista.

Nas ações protocoladas são destacadas as declarações do ex-presidente Lula, de José Dirceu e da presidenta Dilma, que, além de confirmarem a existência da entidade Foro de São Paulo, esclarecem e declaram as intenções da entidade para tomada do poder no Brasil e nos países da América Latina, e quais as estratégias para administrar e se perpetuarem no poder.

As duas outras ações, estas ajuizadas junto ao Tribunal Superior Eleitoral, fundam-se na violação da Constituição Federal, notadamente ao Estado Democrático de Direito, à Independência da República Federativa do Brasil e aos Direitos Políticos.

A ação do mandado de segurança requer o afastamento/impedimento da candidata do PT, Dilma, de participar das Eleições de 2014, vale dizer, na votação em segundo turno, no próximo dia 26, em face de que não preenche os requisitos constitucionais de elegibilidade e por violar os princípios constitucionais da moralidade e da legalidade.

O pedido de fechamento do Partido dos Trabalhadores (PT), denúncia encaminhada ao Tribunal Superior Eleitoral para cancelar o registro do partido e seu estatuto, decorre do fato do mesmo estar, a exemplo da Presidência da República, subordinado e sob influência direta de entidade e governos estrangeiros.

Confira-se o inteiro teor das ações: Pedido de Impeachment da presidenta Dilma, Pedido de Fechamento do PT e Mandado de Segurança requerendo o afastamento da Candidata do PT, Dilma, das Eleições de 2014.

Mais informações: https://www.facebook.com/pages/Brasil-o-Grande-Coração/518784641508940?fref=ts

Felipe Moura Brasil ⎯ http://www.veja.com/felipemourabrasil

Siga no Facebook e no Twitter. Curta e acompanhe também a nova Fan Page.

- Conheça o Foro de São Paulo, o maior inimigo do Brasil.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados