Blogs e Colunistas

20/10/2014

às 23:24 \ Cultura, Eleições, Música

Música nossa! Apesar de vocês, artistas do PT

Depois de várias paródias de sucesso apresentadas neste blog, chegou a hora de uma canção original.

Com letra minha e de Filipe Trielli (o grande Augustinho da Adelaide), música dele e produção musical da Chinchila Productions, eis o clipe do nosso “O samba mudou ou mudei eu?”, uma singela homenagem a todos os artistas e sambistas que emprestam a sua credibilidade em suas respectivas áreas para chancelar um governo marcado pela corrupção e pelo vale-tudo eleitoral de mentiras sem fim.

Cantemos juntos!

Felipe Moura Brasil ⎯ http://www.veja.com/felipemourabrasil

Siga no Facebook e no Twitter. Curta e acompanhe também a nova Fan Page.

20/10/2014

às 21:13 \ Cultura, Eleições

Não há limites! Petistas manipulam vídeo de Sartori sobre piso dos professores

Acabo de fazer um post para desmascarar o falso vídeo de Dilma sobre uma escola estadual de Minas Gerais e já tomo conhecimento de outra manipulação* petista, não de imagem, nem de fala, mas de contexto do conteúdo, dessa vez contra o candidato do PMDB ao governo do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori, que disputa o segundo turno com o atual governador Tarso Genro (PT) e apoia Aécio Neves (PSDB) na campanha para a Presidência da República.

Sartori concedeu uma entrevista ao Portal Terra nesta segunda-feira e os militantes do PT foram rápidos em editar a favor do partido o trecho sobre o piso salarial dos professores. Mas vou deixar para explicar o truque abaixo dos vídeos, para que o leitor perceba por si só como o contexto faz falta.

Primeiro, eis a versão editada, publicada no Youtube pelo canal Tarso Nas Redes e compartilhada no Twitter pela deputada Manuela D’Ávila, do PCdoB, e no Facebook pela página Tarso 13.

Tumelero, para quem não sabe, é uma loja onde se vendem literalmente pisos, azulejos etc.

Agora veja a versão original da entrevista e repare como o corte acima foi feito maldosamente para enganar o eleitor.

Deu para notar? Eu não espero que MAVs do PT compreendam uma ironia, mas ao falar do piso dos professores, Sartori estava explicando suas diferenças em relação a Tarso Genro e ironizou o governador, a rigor o trato do governador aos professores – e não os professores – com a solução obviamente absurda de arranjar pisos na loja de materiais e ferramentas.

Tanto que, em seguida, em trecho excluído na edição petista, criticou Genro justamente por não pagar o piso de cuja criação participou: “No final do ano, o piso salarial dos professores do Rio Grande do Sul, vai ser um passivo de 10 bilhões de reais”, disse Sartori.

No desespero diante do resultado de 60% a 40% em favor de Sartori na pesquisa Datafolha de intenção de voto, a militância do PT (veja abaixo as mensagens que acompanharam os posts) tentou jogar os professores contra o candidato do PMDB, assim como tenta, na campanha nacional, jogá-los contra Aécio.

Não há limites para os embustes dessa gente.

Captura de Tela 2014-10-20 às 21.14.46 Captura de Tela 2014-10-20 às 21.02.30

Captura de Tela 2014-10-20 às 20.00.20

* Manipulação: “manobra com o fim de enganar”, como define o dicionário Houaiss.

Felipe Moura Brasil ⎯ http://www.veja.com/felipemourabrasil

Siga no Facebook e no Twitter. Curta e acompanhe também a nova Fan Page.

20/10/2014

às 19:15 \ Cultura, Eleições

Dilma usou vídeo falso sobre escola estadual de Minas Gerais. Veja o verdadeiro

Na sequência do debate do SBT em que o candidato Aécio Neves (PSDB) desfez 4 mentiras da presidente Dilma Rousseff (PT) de uma só vez, como mostrei aqui, a quarta refutação foi assim:

“A senhora chegou ao cúmulo de mandar sua equipe de filmagem filmar uma escola, a escola Barão de Macaúbas, num domingo, no dia 12 de outubro, quando ninguém estava lá, para mostrar que a obra estava parada e que a escola não funcionava. A senhora fraudou a informação, candidata. A pergunta que eu lhe faço é a seguinte, a senhora não tem nada para mostrar aos brasileiros e por isso precisa mentir tanto o tempo inteiro, candidata?”

Eu respondo: siiiiiiiiiiim! E explico o caso: por volta das 15:30 daquele domingo, dois paus-mandados da campanha de Dilma levaram o segurança da escola na conversa alegando que queriam fotografar as instalações para um trabalho artístico. O segurança só se deu conta da armação quando viu o programa eleitoral da presidente usar as imagens que ele tinha autorizado a fazer. Veja abaixo o vídeo tucano em que ele próprio narra como a coisa se deu.

E me diga: já imaginou o escândalo que seria se o PSDB tivesse feito o mesmo? Ainda mais com o segurança sendo negro? Pois é. Os petistas são assim: na hora de engrupir os outros, não veem cor, credo, sexo, classe ou região.

Felipe Moura Brasil ⎯ http://www.veja.com/felipemourabrasil

Siga no Facebook e no Twitter. Curta e acompanhe também a nova Fan Page.

20/10/2014

às 17:01 \ Cultura, Eleições

Funed desmente Dilma. Vacina para cavalo é gasto com saúde, sim. Veja por quê

[* Reescrevi este post, que eu havia deixado no ar sem querer, enquanto ainda trabalhava nele. Segue a versão final. A posição é a mesma.]

19out2014---a-presidente-dilma-rousseff-pt-candidata-reeleicao-e-aecio-neves-candidato-do-psdb-a-presidencia-participam-de-debate-do-segundo-turno-das-eleicoes-promovido-pela-record-1413765560504_956x500O Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais já havia desmentido as acusações feitas pela presidente-candidata Dilma Rousseff (PT) no debate do SBT sobre os gastos de Saúde da gestão de Aécio Neves (PSDB). Diferentemente do que ela dizia, todas as contas foram aprovadas pelo TCE por unanimidade. Mas o marqueteiro de Dilma, João Santana, quis insistir na mentira, de modo que a presidente leu no debate da Record a seguinte frase do ex-conselheiro do TCE Sylo Costa, celebrada nos blogs sujos do PT com entusiasmo equino:

“É duro engolir que vacina para cavalo seja contabilizada como gasto em saúde.”

A frase está na página 14 da ata da sessão de 30 de junho de 2005 para apreciação do Balanço Geral do Estado referente ao exercício de 2004. Sylo Costa foi o relator. O documento está aqui.

João Santana foi longe para buscar esse ataque contra Aécio. E obviamente não se importou com os fatos e o contexto, porque investir na confusão é o seu trabalho.

Mas a verdade é a seguinte:

O governo de Minas mantém uma fazenda experimental, onde são criados 129 equinos. Neles, é inoculado veneno de animais peçonhentos para a produção de soro para seres humanos, o que é feito pela Fundação Ezequiel Dias (Funed), a fábrica de remédios do governo de Minas, em parceria com o Ministério da Saúde.

Que sem as vacinas para cavalos a produção do soro fica comprometida, não resta dúvida, como se vê abaixo pela nota de esclarecimento da Funed.

Obviamente, é compreensível que se discuta em uma sessão extraordinária do TCE mineiro se o gasto com as vacinas para cavalos pertencem à área da Saúde, ou deveriam pertencer a alguma outra. Quem levantou a questão, repito, foi um conselheiro, não um especialista da área médica. Para ele, que dirá para os telespectadores do debate da Record, soou estranha a inclusão de vacina de animais naquela pasta. Desonestidade intelectual é tirar a frase do contexto de uma discussão local sem maiores consequências para atirá-la contra um adversário para fins eleitoreiros.

A colocação da presidente, especialmente perversa com os pacientes que precisam de soro em todo o Brasil, foi feita para dar a impressão de que Aécio fazia gastos supérfluos em seu governo, ou mesmo de que desviava o dinheiro público, como fazem os petistas na Petrobras, incluindo o sr. Vaccari, que Dilma nomeou e mantém no cargo em Itaipu Binacional mesmo após as denúncias de corrupção.

Já passou da hora de o Brasil se vacinar contra os embustes dessa gente.

NOTA DE ESCLARECIMENTO DA FUNED:

Em relação à contestação da candidata do Partido dos Trabalhadores no debate realizado na Rede Record no último dia 19 de outubro, que questionou a inclusão de despesas com Vacina para Equinos como gasto em Saúde, conforme teria sido apontado por um Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais, esclarecemos que:

A Fundação Ezequiel Dias é um dos 04 (quatro) produtores nacionais de soros antitóxicos. Atualmente, toda a produção de soros do país passa em algum momento pela FUNED, através de um processo de produção compartilhada entre os laboratórios oficiais, autorizado pela ANVISA; Para cumprir com esta importante missão, mantém uma Fazenda Experimental em Betim, onde são criados 129 equinos (número atual). O processo de produção dos soros inicia-se na extração do veneno dos animais peçonhentos e, posterior, inoculação nos cavalos para produção de anticorpos.

Posteriormente, parte do plasma destes animais é extraído e processado, de modo a gerar o produto final (soro).

Mensalmente são produzidos 1.200 litros de plasma, possibilitando uma produção anual exclusiva da FUNED de cerca de 150.000 doses/ano.

Em função da manutenção da qualidade dos produtos, a FUNED mantém um programa profilático e vacina todos os equinos da Fazenda São Judas Tadeu com a vacina tríplice.

Esta vacina protege contra Influenza Equina, Encefalomielite Equina e Tétano. A recomendação técnica preconiza a revacinação de todo o rebanho anualmente.

Sendo assim, a vacinação em questão É ESSENCIAL para a geração de um produto de saúde, sendo portanto compreendida como gasto em saúde.

A afirmação feita pela candidata é infeliz, pois demonstra ou um uso inadequado da informação para fins eleitorais ou um desconhecimento do Sistema Nacional de Saúde, em especial de um processo tão crítico para o país, para o qual a FUNED, um laboratório de Minas Gerais, tem sido o grande parceiro estratégico do Ministério.

Cabe ressaltar que é devido a atuação da FUNED na produção compartilhada que está sendo possível a manutenção dos estoques e a garantia do sucesso do Programa Nacional de Imunização e da saúde da população brasileira.

Felipe Moura Brasil ⎯ http://www.veja.com/felipemourabrasil

Siga no Facebook e no Twitter. Curta e acompanhe também a nova Fan Page.

20/10/2014

às 15:53 \ Cultura, Eleições

Aécio tem razão – ONU pede que ditadura amiga do governo Dilma solte 69 opositores presos em protestos

[* Os comentários de domingo e segunda serão moderados no fim desta tarde.]

O melhor momento do soporífero debate da Record deste domingo foi quando a presidente-candidata Dilma Rousseff (PT) soltou mais uma confissão de ditadora e Aécio Neves (PSDB) rebateu de forma certeira, mostrando que aquilo era coisa de ditaduras amigas do governo petista. Veja o trecho memorável em que o tucano acabou aplaudido:

Agora veja o pedido feito nesta segunda-feira pelo alto comissário da ONU de Direitos Humanos, Zeid Al Hussein – e olha que para a ONU passar sermão a uma ditadura de esquerda dói na carne, hein:

“Exorto as autoridades venezuelanas a agir de acordo com as opiniões do Grupo de Trabalho e a libertarem imediatamente [o líder opositor Leopoldo] Lopez e [o ex-prefeito da cidade de San Cristobal, Daniel] Ceballos, bem como todos os detidos por exercer o seu legítimo direito de se expressar e protestar pacificamente.”

Segundo o alto comissário, “a detenção arbitrária e prolongada de opositores políticos e manifestantes na Venezuela está causando cada vez mais preocupação internacional” e “a prática está aumentando as tensões dentro do país”.

De acordo com informações recebidas pelo Escritório de Direitos Humanos da ONU, mais de 3,3 mil pessoas, incluindo menores, foram detidas por um certo período entre fevereiro e junho deste ano; e ainda foram recebidos mais de 150 relatos de maus tratos de prisioneiros incluindo muitas denúncias de tortura.

Pelo menos 43 pessoas foram mortas durante os protestos no país e jornalistas e defensores de direitos humanos sofreram ameaças, ataques e intimidações.

No mês passado, o Grupo de Trabalho sobre detenções arbitrárias concluiu que as prisões de López e Ceballos não respeitaram as leis. Zeid pediu também às autoridades venezuelanas que garantam um processo justo durante os julgamentos, de acordo com os padrões internacionais.

Dilma-ditadura-democraciaIsto é a Venezuela atual. Uma ditadura amiga do governo Dilma, considerado cúmplice das atrocidades de Nicolás Maduro pela opositora María Corina Machado, que já sofreu na pele a violência chavista e declarou seu apoio a Aécio no Brasil, como mostrei aqui. A oposição venezuelana ainda espalhou pelas redes sociais o cartaz ao lado, que mostra, como a própria Dilma costuma dizer, os “dois pesos, duas medidas” da presidente, ao não reconhecer uma ditadura igual ou pior do que aquela contra a qual se vangloria de ter lutado.

Lá em Caracas, sim, o sucessor de Hugo Chávez manda não só investigar os seus adversários e quem quer que lhe deixe mal na fita, mas também prender e manter preso, apesar de todos os apelos do resto do mundo.

Eu já disse e repito: a imprensa brasileira é leniente com as palavras de Dilma ao colocar todas as suas confissões explícitas de atentados contra a democracia na conta de sua notória dificuldade de expressão, como se esta mesma merecesse leniência. Mas a verdade é uma só: no esforço de transformar o Brasil em uma nova Venezuela, Dilma já atropelou as instituições há tanto tempo que já não consegue esconder isso em seu discurso.

Aécio tem razão: “Que triste” um país assim.

Felipe Moura Brasil ⎯ http://www.veja.com/felipemourabrasil

Siga no Facebook e no Twitter. Curta e acompanhe também a nova Fan Page.

Veja também: María Corina sofreu na pele com ditadura apoiada pelo PT na Venezuela. Ela apoia Aécio contra Dilma no Brasil

20/10/2014

às 4:24 \ Cultura, Eleições

Debate da Record

dormir

 

Felipe Moura Brasil ⎯ http://www.veja.com/felipemourabrasil

Siga no Facebook e no Twitter. Curta e acompanhe também a nova Fan Page.

19/10/2014

às 18:29 \ Cultura, Eleições

DILMA APROVA AÉCIO: “É um dos melhores governadores do país”. Tucanos levam à TV áudio de 2009

Precisa falar mais alguma coisa? Como é que, agora, a presidente-candidata tem a cara-de-pau de atacar o governo de Aécio Neves em Minas Gerais? Veja as peças que os tucanos levaram à TV neste domingo em diversas inserções nos intervalos do Domingão do Faustão. Uma joia!

Veja o depoimento completo:

“O governador Aécio Neves, primeiro pela, é, sem sombra de dúvida, um dos melhores governadores do país. Segundo, porque eu acredito que o governador tem uma forma de fazer política, né, de se relacionar que é acho que exemplar.” (Dilma Rousseff, em entrevista à Radio Itatiaia, em 17 de abril de 2009.)

Isso mesmo: Dilma elogiou como “exemplar” a forma de Aécio fazer política e se relacionar. Uma pena que não tenha aprendido com o exemplo.

Felipe Moura Brasil ⎯ http://www.veja.com/felipemourabrasil

Siga no Facebook e no Twitter. Curta e acompanhe também a nova Fan Page.

19/10/2014

às 17:30 \ Comportamento, Cultura, Eleições

Nova ‘pérola’: Dilma atribui à Era PSDB foto da Era Lula!

Como se não bastassem as ‘pérolas’ que a presidente-candidata Dilma Rousseff (PT) solta nos debates de TV, ainda há aquelas onipresentes nas suas páginas oficiais do Twitter e do Facebook, tanto em textos como em imagens, com a apelação demagógica de costume para jogar os pobres contra Aécio Neves (PSDB). Hoje foi o dia do argumento capilar. Veja:

Dilma burra

Amplio o desmascaramento ao lado:

Captura de Tela 2014-10-19 às 18.15.04

Amplio a data:

Dilma burra data

Não tem jeito. Dilma e sua equipe são uma piada até quando tentam fazer piada. E acabaram apagando essa depois.

Mas fica a pergunta: se ela aprecia tanto o cabelo ao natural, por que se produz tanto a ponto de levar para o debate o seu cabeleireiro, Celso Kamura?

Já sei: “o seu discurso não tem conexão com a sua prática”, como lhe disse Aécio no SBT. Verdade. Nem quando o assunto é cabelo.

16out2014---celso-kamura-cabeleireiro-da-presidente-dilma-rousseff-ajeita-o-cabelo-da-candidata-a-presidencia-da-republica-durante-debate-do-segundo-turno-das-eleicoes-nesta-quinta-feira-1413501638264_1920x1080

Felipe Moura Brasil ⎯ http://www.veja.com/felipemourabrasil

Siga no Facebook e no Twitter. Curta e acompanhe também a nova Fan Page.

19/10/2014

às 16:24 \ Cultura, Eleições

Dilma chamava Petrolão de golpe da oposição. Agora admite roubalheira. Vamos fazer múltipla-escolha?

1) Dilma Rousseff (PT), 10 de outubro de 2014:

“Eles (do PSDB) jamais investigaram, jamais puniram, jamais acabaram com o crime horrível da corrupção e, agora, na véspera da eleição, querem dar um golpe, estão dando um golpe.”

[Meu post a respeito: AQUI.]

2) Capa da VEJA deste fim de semana:

Veja Youssef fala

3) Dilma Rousseff (PT), 18 de outubro de 2014, a uma semana das eleições, sob orientação do marqueteiro João Santana:

“Eu farei todo o meu possível para ressarcir o país. Se houve desvio de dinheiro público, queremos ele de volta. Se houve, não. Houve, viu?”

* Em seguida, ainda descobrimos que a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), que em 2011 virou chefe da Casa Civil de Dilma, recebeu R$ 1 milhão para a campanha de 2010 da atual presidente.

4) Questão de Múltipla-escolha

Qual das frases abaixo rege e/ou se aplica ao comportamento de Dilma?

a) “Xingue-os do que você é, acuse-os do que você faz.” (Recomendação atribuída a Lenin)

b) “Fomentar a corrupção e denunciá-la.” (Regra leninista)

c) ”Para um comunista, a verdade ou a mentira são igualmente boas, quando servem ao comunismo.” (Bertold Brecht)

d) ”Sempre que os comunistas acusam alguém de alguma coisa, é porque fizeram, estão fazendo ou planejam fazer logo em seguida algo de muito pior.” (Olavo de Carvalho)

e) “A sinceridade petista é uma coincidência esporádica entre o que todo mundo já sabe e o que o marqueteiro recomenda parar de negar.” (Felipe Moura Brasil)

f) ”Esquerdismo é querer mais governo metido na vida do povo e fingir desgosto com a consequência inevitável disso: a roubalheira de burocratas.” (Felipe Moura Brasil)

g) ”A culpa é da esquerda, ela coloca em quem quiser.” (Felipe Moura Brasil)

h) Todas as respostas anteriores.

Valendo!

Felipe Moura Brasil ⎯ http://www.veja.com/felipemourabrasil

Siga no Facebook e no Twitter. Curta e acompanhe também a nova Fan Page.

19/10/2014

às 14:12 \ Cultura, Eleições

Vídeo: Aécio canta hino nacional com multidão em Copacabana. Veja fotos da carreata também

Veja o momento da carreata deste domingo pela Praia de Copacabana, na Zona Sul do Rio de Janeiro, em que o candidato Aécio Neves (PSDB) cantou o hino nacional com a multidão que quer libertar o Brasil das garras do PT. Espero que ele não tenha ficado cansado para o debate desta noite na Record. Aguardamos um novo nocaute contra Dilma Rousseff.

Veja a chegada da “onda azul” a Copacabana:

Aécio Copa vista varanda

Meu compadre Alexandre Borges esteve presente na carreata e compartilhou as fotos abaixo:

Ronaldo Aécio Copa

Ronaldo ‘Fenômeno’

Aécio Serra Copa

José Serra

Bolsonaro Aécio Copa

Jair Bolsonaro

Aécio Copa Leticia

Com a esposa, Letícia Weber

Aécio multidão Copa

A multidão saúda Aécio

Siga no Facebook e no Twitter. Curta e acompanhe também a nova Fan Page.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados