Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

XP vai poder antecipar investimento após autorização para atuar como banco

Os novos produtos bancários da XP devem ser oferecidos a partir do segundo semestre de 2019

A autorização recebida do Banco Central para oferecer serviços bancários não vai transformar a XP Investimentos em um banco tradicional de varejo. Não haverá agências nem terminais de autoatendimento para saque bancário.

A XP continuará atuando com foco em investimento, mas com a opção de oferecer novos serviços a seus clientes. Com o aval do BC, a empresa poderá antecipar investimentos com prazos mais longos, permitindo o resgate hoje de aplicações que venceriam daqui a dois anos, por exemplo.

Veja também

A mudança permitirá ainda que a XP ofereça a seus clientes os chamados empréstimos colateralizados, que cobram taxas menores e têm os investimentos como garantia.

Os novos produtos bancários da XP devem ser oferecidos a partir do segundo semestre de 2019. Para ter acesso a essas operações, o cliente precisará ter uma conta na XP. Hoje, a empresa conta com 850.000 clientes e tem 250 bilhões de reais sob sua custódia.

A XP vendeu 49,9% de seu controle para o Itaú Unibanco, que terá a opção de elevar sua participação para até 62,4% do capital em 2022.