Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

TCU questiona salários acima do teto em empresas estatais

Tribunal determinou que governo avalie pagamentos mensais acima de 39,3 mil reais em empresas como a Petrobras e bancos públicos

Por Agência Brasil 4 abr 2019, 02h14

O Tribunal de Contas da União (TCU) determinou, nesta quarta-feira 3, que empresas estatais informem à Secretaria das Estatais (Sest) do Ministério da Economia o valor dos salários e os gastos com cartões corporativos e viagens de diretores e funcionários.

A medida parte de uma auditoria feita pelo tribunal para apurar informações sobre os salários pagos por empresas que não dependem diretamente de recursos do Orçamento da União para funcionar, como a Petrobras e bancos públicos, que possuem ações na bolsa de valores.

  • No entendimento do TCU, algumas estatais pagam remunerações acima dos valores pagos por empresas privadas que atuam no mesmo setor.

    Por não dependerem do Orçamento público, o entendimento do Judiciário é que essas estatais não precisam cumprir o teto constitucional de 39,3 mil reais para competir igualmente com as concorrentes. Ainda assim, o tribunal determinou uma avaliação do governo.

    Cabe recurso da decisão do TCU.

    Continua após a publicidade
    Publicidade