Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Startup brasileira de ‘carne de planta’ recebe investimento de US$ 8,5 mi

Fundo brasileiro Monashees, que alavancou 99, Loggi e Rappi, entra com capital na Fazenda Futuro, empresa que está há apenas três meses no mercado

Por André Romani 18 jul 2019, 20h02

Em apenas três meses após ter seu primeiro produto nas prateleiras, a startup Fazenda Futuro recebe investimento de 8,5 milhões de dólares (31,9 milhões de reais) do fundo brasileiro Monashees que alavancou os apps de transporte e entrega 99 e Loggi. A empresa atua no mercado de plant based, produção de alimentos que imitam o cheiro, a cor, a textura e o gosto da carne tradicional. A companhia ficou recentemente conhecida pelo hambúrguer, o Futuro Burger, vendido em restaurantes do eixo Rio-São Paulo e em hipermercados no país.

A rodada de investimentos foi liderada pelo Monashees, fundo brasileiro com atuação global, e que já investiu em startups que viraram unicórnios (valor de mercado acima de 1 bilhão de reais) como a Rappi, Loggi e 99. A gestora é conhecida no mundo dos negócios por alavancar startups quando ainda estão em estágios menores.

Após o investimento, a Fazenda Futuro é avaliada em 100 milhões de dólares (373 milhões de reais). Segundo Marcos Leta, um dos fundadores da startup e também criador da marca de sucos Do Bem, vendida para a Ambev, o investimento permite que a empresa concorra com os frigoríficos – segmento, considerado por ele, seus verdadeiros concorrentes.

“Nosso objetivo sempre foi concorrer com os grandes produtores de carne bovina. A recepção dos parceiros varejistas, restaurantes e consumidores tem mostrado que estamos na direção correta. Essa captação nos coloca no caminho para fazer do Brasil, assim como ele é com a carne bovina, um dos maiores produtores de carne à base de plantas. Já deixamos de ser apenas uma tendência para nos tornarmos uma realidade positivamente sem volta. Cada vez mais, as pessoas estão em busca de alternativas alimentares mais sustentáveis”, destaca Leta.

O produto de estreia da Fazenda Futuro, e único até então, é o Futuro Burger, que usa em sua base de ingredientes proteína de ervilha, proteína isolada de soja e de grão de bico, além de beterraba para imitar a cor e o sangue da carne. Atualmente, a empresa tem parceiras com 100 lanchonetes e já está em mais de 1.300 pontos de venda entre food services, redes varejistas (como Extra, Carrefour e Pão de Açúcar), e-commerce de congelados e pontos especializados em diversos estados do sudeste, sul e nordeste.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês