Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Receita Federal passará pente fino em 200 mil contribuintes

Fisco quer detectar pessoas que possam ter fraudado a declaração do Imposto de Renda para aumentar restituição do tributo

Por Da Redação 26 abr 2013, 17h13

Faltando apenas quatro dias para o final do prazo de entrega da declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF), a Receita Federal anunciou nesta sexta-feira que está apertando a fiscalização contra fraudes. O subsecretário de Fiscalização da Receita, Caio Marcos Cândido, anunciou que 200 mil pessoas já foram selecionadas com base nas declarações de 2012 e 2013 e serão fiscalizadas a partir deste mês.

Cândido explicou que, no grupo de contribuintes selecionados com base na declaração de 2013, a fiscalização identificou fraudes em Declarações do Imposto de Renda Retido na Fonte (DIRF) transmitidas por prefeituras e governos estaduais, destinadas a aumentar a restituição do IRPF. Nesse caso, funcionários públicos aumentam os valores na DIRF para aumentar o imposto a ser devolvido ao contribuinte beneficiado pela fraude. O subsecretário disse que este novo parâmetro de malha fiscal foi desenvolvido este ano, mas todas as pessoas identificadas terão suas declarações revisadas desde 2008.

“O intuito é bem claro. Estamos aqui para dizer ao contribuinte que não vale a pena fraudar declarações do IRPF. A Receita tem o melhor conjunto de informações para promover o batimento da busca da verdade que foi declarada. E nós estamos aqui só para alertar, para diminuir a possibilidade de fraude, não só para diminuir o trabalho da Receita mas ainda para dizer ao cidadão que não vale a pena”, afirmou ele.

Leia ainda: IR 2013: ainda é possível corrigir dados da declaração já enviada

Portadores de doenças graves terão prioridade na restituição

Como declarar filhos dependentes que recebem pensão

Receita libera programa para declaração do IR 2013

Estrangeiros também devem declarar imposto no Brasil

Também estão na mira da Receita os contribuintes cujas declarações de 2012 foram selecionadas pela fiscalização por inconsistência nos valores de dedução de contribuição a entidade de previdência privada. O Fisco apurou que mais de 300 mil declarações têm indícios de fraudes desse tipo.

A Receita também tem a previsão de iniciar este ano mais três operações contra fraudes no Imposto de Renda, uma delas já em maio. Este ano, três ações já foram realizadas para identificar e desarticular quadrilhas especializadas em fraudar declarações, cujo valor atinge 55 milhões de reais. Estas operações ocorreram em Goiás, Bahia, Espírito Santo, Pará e Roraima.

Dúvidas – Em sua página na internet, a Receita Federal mantém uma lista de perguntas e respostas das dúvidas mais frequentes.

Manual – O Centro de Orientação Fiscal (Cenofisco), parceiro do site de VEJA no IR 2013, disponibilizou um manual para auxiliar no preenchimento da declaração. O material, com 89 páginas, aborda detalhadamente os principais pontos da declaração.

Continua após a publicidade

Tema em foco: Saiba tudo sobre o Imposto de Renda 2013

Leia também:

Saiba quem deve usar certificado digital para declarar o IR

Como declarar a compra e a venda de imóveis

Remessas enviadas ao exterior para pagar intercâmbios são isentas

Declaração de veículos antigos não pode ser esquecida

Receita ainda recebe declaração de IR em disquete

PLR deve constar no informe de rendimentos e entrar no IR

Informe de rendimentos pode ser entregue em papel ou arquivo eletrônico

Doação de dinheiro para familiares deve ser declarada

Saiba como declarar investimentos em ações

Gastos para tratamento de infertilidade podem ser deduzidos do IR

(com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade