Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

PIB da Argentina tem contração de 0,2% no 1º trimestre

Em relação ao último trimestre do ano passado, contração é de 0,8%; apesar do resultado ruim, bolsa argentina avançou 8%, refletindo pedido à Justiça dos EUA para suspender pagamento a fundos credores da dívida pública

O Produto Interno Bruto (PIB) da Argentina teve contração de 0,2% no primeiro trimestre de 2014 ante igual período do ano passado, de acordo com informações divulgadas nesta segunda-feira pelo Instituto Nacional de Estatísticas e Censos do país (Indec). Na comparação com os três últimos meses de 2013, houve queda de 0,8%.

O que são fundos abutres?

Fundo abutre é um jargão do mercado financeiro usado para classificar fundos de hedge que investem em papéis de países que deram calote – atuam, em especial, na América Latina e na África. Sua atuação é perfeitamente legítima. O termo abutre foi criado para diferenciá-los dos fundos convencionais, justamente por trabalharem como ‘agiotas’ de países caloteiros, emprestando dinheiro em troca de ‘títulos podres’. São considerados pelo mercado uma espécie de ‘investidor de segunda linha’. Sua atuação consiste em comprar títulos da dívida de nações em default por valor irrisório para depois acionar o país na justiça e tentar receber ganhos integrais. Os ‘abutres’ compraram os papéis da dívida argentina por 48,7 milhões de dólares em 2001 e querem receber, hoje, cerca de 1 bilhão de dólares. A Argentina, por sua vez, tenta escapar do pagamento. O país teme que, caso aceite pagar os ‘abutres’ integralmente, os 92% de credores que aceitaram a renegociação da dívida em 2005 e 2010 possam buscar na Justiça o direito de receber ganhos integrais. Neste caso, o pagamento poderia reduzir as reservas internacionais do país a praticamente zero. Outro agravante é que, devido ao histórico de calotes e decisões econômicas escandalosas do país, sua credibilidade para negociar com credores está fortemente abalada.

Após o anúncio, o índice Merval, da Bolsa de Valores de Buenos Aires, se manteve em alta superior a 8%, revertendo as perdas registradas na semana. O mercado financeiro do país tem enfrentado turbulência em função da crise da dívida local, após a decisão da Suprema Corte dos Estados Unidos de determinar o pagamento aos chamados “fundos abutres”, que são credores que rejeitaram participar da reestruturação da dívida após a moratória de 2001.

Leia mais:

Calote da Argentina é (mais uma) má notícia para o Brasil

Argentina quer estender prazos para conseguir pagar dívida com fundos

Apesar da contração do PIB, o humor de investidores melhorou nesta segunda-feira também após o anúncio do ministro de Economia, Axel Kicillof, de que o país apresentou ao juiz federal Thomas Griesa, dos Estados Unidos, um pedido de suspensão da decisão sobre o pagamento de 1,33 bilhão de dólares aos fundos, o que pode adiar o desembolso bilionário que a Argentina terá de fazer.

(Com agência Reuters)