Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Nova guerra do fast food: McDonald’s aciona Habib’s no Conar

Rede de lanchonetes americana pede suspensão de dois comerciais por uso indevido de marca registrada, concorrência desleal e propaganda antiética

Por Felipe Machado Atualizado em 21 out 2016, 16h43 - Publicado em 21 out 2016, 16h28

O McDonald’s entrou na última sexta-feira com uma representação no Conselho Nacional de Representação Publicitária (Conar) contra duas propagandas do concorrente Habib’s. A rede de lanchonetes americana argumenta que duas peças publicitárias, veiculadas em julho e setembro deste ano, têm três problemas: uso indevido de marca registrada, concorrência desleal e propaganda antiética.

  • Os comerciais, feitos para promover um sanduíche de frango e os beirutes do Habib’s, respectivamente, envolvem um palhaço, que o McDonald’s considera como uma referência ao seu personagem Ronald McDonald. A rede pede a suspensão dos anúncios.

    [youtube https://www.youtube.com/watch?v=0oMnqhatSkg%5D

    [youtube https://www.youtube.com/watch?v=XIoMwaj9VIo%5D

    O Conar estima que o processo será julgado entre novembro e dezembro deste ano. A entidade não tem poder legal nem de aplicar multas, e a pena máxima que pode ser aplicada é fazer uma divulgação pública condenando as atitudes da empresa julgada.

    Procurado pelo site de VEJA, o McDonald’s emitiu nota dizendo que não comenta sobre processos em andamento, “mas reforça o respeito pelo cumprimento das regras publicitárias”. O Habib’s disse ter conhecimento da representação em questão e informa que seguirá todas as etapas do processo de avaliação e respeitará a decisão.

    Continua após a publicidade
    Publicidade