Clique e assine a partir de 9,90/mês

Mantega afirma que inflação não é problema

Ministro da Fazenda confia em queda do índice para 5,5% neste ano; em janeiro, inflação acumulada em 12 meses chegou a 6,15%

Por Da Redação - 21 fev 2013, 15h40

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou nesta quinta-feira que a inflação no Brasil está sob controle e que deve desacelerar este ano em relação ao ano passado. O ministro afirmou que a inflação deve encerrar 2013 em torno de 5,5%. A meta de inflação é de 4,5%, podendo variar dois pontos porcentuais para mais ou para menos. “A situação inflacionária está sob controle”, disse Mantega.

A inflação em 12 meses chegou a 6,15% em janeiro. Em 2012, ficou em 5,84% e em 6,5% em 2011, dois anos em que a economia brasileira teve dificuldades para crescer devido a custos de produção muito altos e fraca demanda externa. O governo da presidente Dilma Rousseff tem mostrado preocupação com a persistência da inflação num país assolado por anos de hiperinflação nos anos 1980 e 1990. “Mas o Banco Central do Brasil está ativo e vigilante e tem a inflação sob controle”, afirmou Mantega, acrescentando que a inflação em fevereiro será menor que a de janeiro.

O presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, alertou que o BC está pronto para aumentar a taxa de juros da atual mínima histórica de 7,25% para controlar a inflação mesmo se a economia não ganhar força.

Mantega disse que não vê necessidade de tomar mais medidas no mercado de câmbio, uma vez que o real ganhou estabilidade nos últimos meses. “A moeda do Brasil está estabilizada, flutuando em torno de 2 reais por dólar”, disse o ministro.

Continua após a publicidade

Leia também:

Mantega volta a negar que dólar mais baixo é resposta à inflação

(Com agência Reuters e Estadão Conteúdo)

Publicidade