Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Latam questiona no Cade joint venture entre Azul e Correios

Para a companhia, união entre as duas empresas pode desequilibrar a competitividade do setor aéreo de carga e de passageiros

A Latam Airlines Brasil questionou no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) a joint venture criada entre a Azul Linhas Aéreas e os Correios. Segundo a companhia aérea, a parceria pode afetar o ambiente de concorrência de diversas formas.

“A Latam Airlines Brasil informa que apresentou ao Cade argumentos contrários à joint venture entre a Azul e Correios por considerar que a operação pode desequilibrar a competitividade do setor”, informou a companhia.

Pelo documento enviado ao Cade, a Latam argumentou que o uso dos porões dos aviões da Azul pelos Correios pode diminuir os custos da companhia aérea na operação no Brasil.

Para a Latam, esse cenário pode criar dificuldades para concorrentes que não têm acesso a um fluxo de carga significativo e constante como aquele que o Correios apresenta. Além disso, a Azul poderia eventualmente ter benefícios extras pelo fato de ter como cliente uma empresa de controle estatal.

A joint venture entre Correios e Azul para transporte de cargas foi anunciada em dezembro passado. A Azul terá 50,01% da nova empresa e os Correios 49,99%.

Procurados, os Correios e a Azul informaram que não se pronunciariam sobre a queixa da Latam no Cade.

(Com Reuters)